Paredes, Porto, 16 ago 2020 (Lusa) – A edição especial da Volta a Portugal deste ano vai incluir uma etapa com meta no alto da Senhora da Graça, em Mondim de Basto, anunciou o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

Delmino Pereira fez o anúncio no final dos Nacionais de estrada, que se disputaram em Paredes, revelando que a segunda tirada da Volta vai ter partida, precisamente, em Paredes, e o final no alto do Monte Farinha, em Mondim de Basto, junto ao Santuário de Nossa Senhora da Graça, em 29 de setembro. Esta zona foi muito afetada por um incêndio no início de agosto.

Incêndios: Dominado fogo que lavrava desde sexta-feira em Mondim de Basto

“Estamos construir esta edição da Volta a Portugal, e esta é a primeira confirmação. A segunda etapa será uma das mais importantes da prova, com a partida em Paredes, uma terra de ciclismo, e chegada na Senhora da Graça”, disse o dirigente.

A prova, cuja edição especial de 2020 vai ser disputada entre 27 de setembro e 05 de outubro vai ser organizada pela FPC, terá o seu percurso revelado até ao final do mês, e, segundo Delmino Pereira, o planeamento “está a correr bem”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Estamos muito motivados para conseguir o nosso grande objetivo da época, que é fazer o ciclismo acontecer, nomeadamente a Volta a Portugal. Tem havido muito boa receção por parte dos municípios, e estamos todos comprometidos em fazer uma prova segura e disciplinada, como aconteceu nestes campeonatos nacionais, em que o público teve comportamento exemplar”, afirmou o líder federativo.

Já Alexandre Almeida, presidente da Câmara de Paredes, considerou “natural” os receios manifestados anteriormente, por alguns autarcas em receberem a prova, mas partilhou a sua experiência com os Nacionais, para considerar que os eventos de ciclismo “são seguros”.

“As pessoas já perceberam as regras com que estas provas estão a ser organizadas, com todo o controlo e segurança. Não tenho dúvidas de que a Volta pode também acontecer sem riscos acrescidos. As pessoas estão a interiorizar estes procedimentos, e, além disso, o ciclismo tem a vantagem de poder ser visto nas varandas e janelas das casas, sem necessidade de ir para rua”, analisou o autarca de Paredes.

O presidente de Câmara considerou que integrar o percurso da Volta será “um motivo de emoção e orgulho para todos os paredenses”. A edição especial da Volta a Portugal em bicicleta está agendada para entre 27 de setembro e 05 de outubro.