Um golo do avançado argentino Mauro Icardi, aos 90+3′, valeu este domingo ao líder PSG o sexto triunfo em seis jornadas na Liga francesa de futebol, na receção ao Lyon (2-1).

No primeiro jogo de Lionel Messi no Parque dos Príncipes, depois de dois jogos fora, com Reims e Club Brugge (naquele que foi o primeiro jogo ao lado de Neymar e Mbappé), Icardi, entrado aos 82 minutos, virou herói nos descontos, com um cabeceamento certeiro após centro da esquerda de Mbappé.

O PSG chegou ao triunfo depois de, algo surpreendentemente, Mauricio Pochettino substituir Messi [aos 72 minutos, fazendo entrar Hakimi], que até estava a ser dos mais ativos do ataque e tinha atirado ao ‘ferro’, num livre, na primeira parte. E essa reação do argentino ao sair acabou por tornar-se o principal facto do encontro, com a imprensa a colocar em causa como será feita esta gestão de estrelas em Paris.

No início da segunda metade, o Lyon adiantou-se no marcador, aos 54 minutos, pelo brasileiro Lucas Paquetá, mas, aos 6’6, o também canarinho Neymar “cavou” um penálti, em lance com Malo Gusto, e transformou-o, com classe.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nuno Mendes, no lado esquerdo da defesa dos anfitriões, e Anthony Lopes, na baliza do Lyon, jogaram ambos os 90 minutos, o jovem ex-leão sendo titular pela primeira vez, enquanto Danilo Pereira não saiu do banco dos parisienses.

Com este triunfo, o PSG passou a somar 18 pontos, mais cinco do que o Marselha, segundo classificado, com menos um jogo, que este domingo venceu em casa o Rennes por 2-0, com golos do senegalês Bamba Dieng (48 minutos) e do marroquino Amine Harit (71).

Nos outros jogos do dia, destaque para o Nantes, que venceu no reduto do Angers, ex-segundo classificado e agora quarto, por expressivos 4-1. Os outros quatro jogos acabaram empatados.