O treinador João Pedro Sousa garantiu esta quarta-feira a continuidade no Boavista, da I Liga portuguesa, do futebolista internacional equatoriano Jackson Porozo, alvo do interesse do Tigres nas últimas horas do mercado de transferências no México.

“Pela qualidade, mas, sobretudo, pelo potencial, é perfeitamente natural e normal que cheguem ofertas, mas o Porozo é e vai continuar a ser jogador do Boavista. Ele tem essa consciência e precisa de trabalhar para crescer e evoluir. Todos sabemos que um dia ele vai chegar a um patamar diferente e jogar em grandes clubes”, observou o técnico, em conferência de imprensa de antevisão ao jogo em Paços de Ferreira, da Taça da Liga.

O Tigres ofereceu 3,5 milhões de euros pelo passe do defesa, que cumpre a segunda época no Bessa, mas o Boavista recusou a proposta, depois de já ter cedido o central nigeriano Chidozie aos turcos do Alanyaspor após a conclusão do mercado em Portugal.

Jackson Porozo, de 21 anos, assinou em outubro de 2020 um contrato de cinco épocas com os ‘axadrezados’, oriundo da formação dos brasileiros do Santos, na sequência de uma experiência no Manta, e fez 12 jogos e dois golos pela equipa principal em 2020/21.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Esta temporada, foi opção em seis dos oito encontros sob alçada de João Pedro Sousa, que pode também utilizar Tiago Ilori, o uruguaio Rodrigo Abascal, o guineense Marcelo Djaló e o jovem Guito Madureira no eixo defensivo, no qual já jogaram adaptados o ala brasileiro Nathan ou o médio espanhol Javi García, por lesões de outros companheiros.

Jackson Porozo está disponível para a visita do Boavista ao Paços de Ferreira na quinta-feira, às 20h15, no Estádio Capital do Móvel, em duelo da ronda inaugural do Grupo C da terceira fase da Taça da Liga, com arbitragem de Vítor Ferreira, da associação de Braga.