Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Norte:

Rodrigo Leão sobe ao palco da praça da Plataforma das Artes, em Guimarães, este sábado às 22h. Ao ar livre, o músico vai interpretar temas das várias bandas sonoras que compôs para filmes nos últimos anos, nomeadamente, do filme luso-francês “”A Gaiola Dourada”” e do norte-americano “O Mordomo”. Os bilhetes custam 20 euros.

As Festas do Marco de Canaveses arrancam esta sexta-feira, 11 de julho, e são várias as propostas de animação. Música, desporto, folclore, marchas populares, vinhos, gastronomia e artesanato, é só escolher o seu dia favorito. As Marchas Populares, sábado, a partir das 21h, são um dos momentos altos das Festas do Marco.

Já alguma vez foi a um Mercado Liberal? A oportunidade chega este sábado, entre as 11h e as 19h, na zona pedonal entre Cedofeita e Miguel Bombarda, no centro do Porto. E não estamos a falar de economia. Trata-se, sim, de um mercado urbano temático que vai recriar a atmosfera oitocentista da Guerra Civil (1832-34). Para além dos habituais vendedores de artesanato, vintage e restauração, haverá dezenas de figurinos, representativos do povo, burguesia e militares, e dramatização de episódios da época, incluindo um combate. Entre as atividades gratuitas incluem-se pinturas faciais para crianças.

O Festival Livre Trânsito está de volta ao parque exterior do centro comercial MAR Shopping, em Matosinhos. Sob o nome Mar Free Fest, ao longo do mês de julho e primeira semana de agosto, vão atuar ali José Cid, GNR, Miguel Araújo e Capicua. É precisamente com a MC nortenha que arranca o ciclo de concertos. Capicua vai atuar esta sexta-feira, às 21h30, e a entrada é gratuita.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Se quer fugir ao calor, aproveite para ir a Serralves este sábado, já que excecionalmente a entrada será gratuita durante todo o dia. Das 10h às 20h, são várias as propostas para passar um dia agradável no museu e no parque portuense. Logo de manhã, das 10h às 13h, realiza-se uma oficina para toda a família com a milenar Oliveira do Parque em destaque. A oficina, designada “Bancada botânica: à descoberta da oliveira”, propõe uma expedição botânica ao mundo da oliveira. Às 15h30, João Almeida, diretor do Parque de Serralves, orienta uma visita especial de verão ao Parque, onde será possível saber mais sobre a flor.

Que o Gare Porto é bom a organizar festas noturnas, isso já todos sabem. O que muitos desconhecem é que  discoteca também sabe organizar eventos que começam ao início da tarde. Este sábado, o evento “Day + Night Gare Porto” regressa ao Jardim das Virtudes e, a partir das 15h, dança-se ao som dos DJs Bloop, dos portuenses Freshkitos e dos italianos Hiver, e entre muitos outros. A entrada custa dez euros e inclui uma bebida, até às 17h.

Centro:

Até 3 de agosto, quem passar pela vila de Óbidos e vir bobos, cuspidores de fogo, dançarinos, músicos e jograis já sabe que não está a sonhar. Durante 16 dias, o Mercado Medieval de Óbidos volta a transformar o Castelo num burgo da Idade Média. Por lá, será possível escolher quem se quer ser – povo, burguesia, nobreza e clero – o importante é entrar no espírito, com ou sem roupa a condizer com a época. Se quer fazer uma viagem no tempo, Óbidos é a paragem ideal.

Durante dez dias, Viseu é feito de Jardins Efémeros. O festival arranca esta sexta-feira e leva para o centro da cidade o verde das plantas, mas também muita cultura. São 283 atividades, onde se inclui o cinema ao ar livre, a música, as artes e os debates.

Em fim de semana generoso em sol e temperaturas altas, o parque aquático Mariparque, situado na Praia da Veira, em Vieira de Leiria, promete fazer as delícias de miúdos e graúdos. Para além das piscinas, há pistas em caracol, water slides para deslizar até à água e muitas outras diversões, rodeadas de casinhas típicas da Vieira. O parque está aberto das 10h às 19h e a entrada normal custa 12 euros.

Sul:

Se ainda não tem planos para sábado, às 19h, saiba que a Orquestra Gulbenkian dai dar um concerto com entrada livre na Alameda Afonso Henriques, junto à Fonte Luminosa, em Lisboa. A Orquestra vai interpretar Astor Piazzola e António Vivaldi, com Bin Chao e Ana Beatriz Manzanilla na direção e violino.

Gosta de yoga? Se sim, fique a saber que, nos domingos de julho, às 10h30, há aulas gratuitas dadas pelo centro “yoga Sámkhya” no Anfiteatro Keil do Amaral, em Monsanto, Lisboa. Se não gosta, vá na mesma. Não custa nada e ainda descobre uma paixão escondida pelo yoga.

As obras na Caldeirinha, na Doca Seca e na frente da Ribeira das Naus, em Lisboa, terminaram. É hora de celebrar, com um passeio junto ao Tejo, mas não só. No domingo às 17h, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, assinala a inauguração com diversas iniciativas na zona ribeirinha. Para as 18h30 está marcada a inauguração da Exposição “Maresias – Lisboa e o Tejo, 1850-2014”, no Torreão Poente do Terreiro do Paço. Propõe-se uma viagem entre Xabregas e Santos, através das transformações que se intensificaram a partir de meados do século XIX.

O mês de julho marca o regresso do muito solicitado ciclo “Um Ano de Cinema(s) à Medeia“, que leva ao Espaço Nimas algum do melhor e mais bem sucedido cinema do último ano. Oportunidade para (re)ver filmes como “Ninfomaníaca”, “12 Anos Escravo”, “A Vida de Adèle” “Grand Budapest Hotel”, “Debaixo da Pele” ou “A Grande Beleza”. Os bilhetes custam quatro euros.

Devagarinho, o Festival do Caracol Saloio chegou a Loures e por lá fica até 27 de julho. Dez tasquinhas vão preparar iguarias tão variadas como feijoada de caracoleta, rissóis de caracol, caracoletas à Bulhão Pato, pataniscas de caracol, ovos mexidos com caracoleta e farinheira, entre muitos outros pratos criativos. O festival decorre de segunda a sexta-feira, das 17h às 24h, e aos fins de semana, das 16h às 24h. A entrada é livre.

A biena cultural Monsaraz Museu Aberto começa na sexta-feira e, até 27 de julho, leva à vila medieval de Monsaraz o cante alentejano, exposições e um roteiro gastronómico a não perder. A cerimónia de abertura da 21.ª edição do evento acontece às 19h, no Largo D. Nuno Alvares Pereira. Segue-se a visita às exposições e a apresentação do vinho “Monsaraz Museu Aberto 2014”. A partir das 22h, o guitarrista e compositor Jorge Fernando vai tocar no palco da Praça de Armas do castelo de Monsaraz com os seus amigos Virgul, vocalista dos extintos Da Weasel, Dino D’Santiago e Fábia Rebordão.