Os portugueses Teresa Portela, em K1 200 metros, e Hélder Silva, em C1 200 metros, qualificaram-se hoje para as finais dos Mundiais, em Moscovo. A seleção portuguesa vai assim disputar quatro finais no domingo, duas delas com Teresa Portela, em K1 200 e 500 metros, e ainda a regata das medalhas em K4 1.000 metros, com Fernando Pimenta, Emanuel Silva, João Ribeiro e David Fernandes.

Teresa Portela foi segunda classificada na sua semifinal, concluindo a competição em 39,235 segundos, a 1,274 da campeã olímpica, a neozelandesa Lisa Carrington, assegurando um dos dois lugares de apuramento. Com três vagas em aberto, Hélder Silva partilhou o segundo lugar com o chinês Li Qiang, com 38,365 segundos, a 0,166 do bielorrusso Artsem Kozyr.

Nas três finais B, Fernando Pimenta e a dupla Emanuel Silva/João Ribeiro venceram as suas provas com convicção, enquanto o K4 500 feminino foi terceiro, o equivalente ao 12.º geral. Fernando Pimenta apenas não passou na frente a meio da prova – oito centésimos atrás do polaco Rafal Rosolski, que viria a ser segundo – mas “disparou” com a garra habitual na parte final e concluiu em 3.26,290 minutos, deixando o adversário a mais de dois segundos e meio (3.28,608).

Campeões da Europa e do Mundo em K2 500 metros, Emanuel Silva e João Ribeiro apostaram agora nos olímpicos 1.000 metros e andaram sempre na cabeça da prova, acabando por se impor na parte final à vice-campeã europeia França. Os lusos concluíram a regata em 3.09,942 minutos, deixando os gauleses a 0,708 segundos, com a embarcação espanhola a surgir logo a seguir: tal como Pimenta, garantiram o 10.º da geral e no domingo juntam-se a David Fernandes na final de K4 1.000, na estreia desta tripulação portuguesa em Mundiais.

Os 2.26,290 minutos gastos por Fernando Pimenta na final B de K1 1.000 metros poderiam “valer” o segundo lugar na final das medalhas [atendendo apenas ao tempo e não às condições do vento], enquanto os 3.09,942 minutos alcançados por Emanuel Silva e João Ribeiro na final B de K2 1.000 metros garantiriam o quarto lugar absoluto.

Joana Vasconcelos, Maria Cabrita, Beatriz Gomes e Helena Rodrigues passaram na frente a meio do K4 500 metros, mas não resistiram à forte reação da equipa do Canadá e foram igualmente ultrapassadas, perto da linha final, pela embarcação sueca. As portuguesas terminaram em 1.34,049 minutos, a menos de três décimas de segundo das suecas e a pouco mais de um segundo das canadianas (1.32,887): Maria Cabrita junta-se às companheiras no nível 3 do Projeto Olímpico do COP.

No domingo, no encerramento dos Mundiais, Teresa Portela vai disputar as finais de K1 500 (07:03 em Lisboa) e 200 metros (08:48), Hélder Silva a de C1 200 metros (8:43), enquanto Fernando Pimenta, Emanuel Silva, João Ribeiro e David Fernandes competem pelas medalhas em K4 1.000 metros (8:15).