O Metropolitano de Lisboa estará encerrado amanhã entre as 6h30 e as 11h00. A greve parcial foi convocada pelos sindicatos que representam os trabalhadores da companhia de transportes.

Em comunicado a empresa acrescentou que serão reforçadas as carreiras da CARRIS, nomeadamente os percursos do 726, 736, 744 e 746. Sendo que a circulação do metro deverá estar regularizada pelas 11h30.

No site da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações a greve acontece “numa altura em que o Governo vai fazer aprovar novos cortes dos salários a partir do próximo mês, durante o qual, de acordo com as declarações do secretário de Estado dos Transportes, será lançado o concurso para a subconcessão da empresa”.

A greve será dividida em dois momentos. Um primeiro das 05h00 às 11h00 para a maioria dos trabalhadores e um segundo das 08h30 às 12h30 para os trabalhadores administrativos e técnicos superiores.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A greve será também marcada por uma concentração de trabalhadores, entre as 08h00 e as 10h00 na sede dos Serviços de Fiscalização do Metro, Avenida Sidónio Pais.