Ryan Gosling, 33, tem agora um novo papel a desempenhar, daqueles vitalícios. Na passada sexta-feira (12 de setembro), ele e Eva Mendes, 40, foram pais de uma menina, avança a Us Weekly que confirmou a informação junto de várias fontes. Este foi o mesmo meio de comunicação que noticiou que Gosling ia ser pai, em julho último, já a atriz estava grávida de sete meses.

“Ela [Eva Mendes] estava preparar-se para a maternidade já há algum tempo”, disse, então, uma fonte à revista OK!. “E o facto de estar a partilhar esta experiência com o Ryan é um sonho tornado realidade”. O ator cresceu sem pai, motivo pelo qual sempre disse que, assim que tivesse filhos, estaria presente para eles independentemente de tudo. A prova de fogo chegou no início do mês.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Apesar do furor em torno da referida gravidez — em julho o Observador mostrava as reações dos cibernautas à futura paternidade de Gosling — Mendes foi sempre muito discreta. A última vez que foi vista na passadeira vermelha data de 26 de fevereiro, num evento em homenagem a Elizabeth Taylor, realizado em Los Angeles.

O casal começou a namorar em 2011, depois de terem trabalhos juntos no filme Como um trovão, que chegou aos cinemas passado um ano. Foi também em 2011 que Gosling referiu ao jornal britânico The Times a importância da paternidade: “Eu gostava de estar a fazer bebés, mas não estou. Então, estou a fazer filmes. Quando alguém vier, acho que não vou ser capaz de fazer as duas coisas e estou bem com isso. Vou fazer filmes até fazer bebés”. Por esse motivo, o site Hollywood Life lança a questão: “O que vai acontecer com a carreira de ambos?”. Isso, só o tempo dirá.

Leia também: