Menos de um mês de namoro. Foi esse o tempo suficiente para Nicole Kidman perceber que era com Keith Urban que se queria casar. A revelação foi feita à Elle norte-americana, na qual a atriz faz capa na edição de janeiro de 2015. “Sou espontânea”, disse, acrescentando que primeiro gosta de se casar e só depois de conhecer bem a “cara-metade”. “Eu sei que soa incrivelmente estranho, mas para mim é um processo mais natural”.

Foi em 2005 que o casal se conheceu, relembra o Huffington Post. A atriz confirmou à revista People que estava noiva em maio de 2006, sendo que o enlace foi notícia passado apenas um mês — este é o segundo casamento, depois de mais de dez anos ao lado de Tom Cruise. Atualmente, Kidman e Keith são pais de duas meninas — Sunday Rose, de 6 anos, e Faith Margaret, de 3 –, mas a atriz quer mais. Aos 47 anos, Kidman confessou desejar ter mais um filho. “Tive o último [filho] aos 43. A minha avó teve o último aos 49. Todos os meses penso ‘Espero estar grávida'”.

Apesar do entusiasmo que mostrou em entrevista, a perceção pública da atriz dá conta de uma mulher “fria”. Por esse motivo, a Elle pediu à cantora Sheryl Crow uma descrição da atriz, de quem é muito próxima: “Eu acho que ela tem sido muito equilibrada durante a sua vida pública e, por vezes, as pessoas interpretam isso mal; vêem-na como sendo uma rainha do gelo”.

Crow explicou ainda que o tipo de escrutínio a que Nicole tem sido sujeita ao longo dos anos não é “confortável”, pelo que tende a ser muito cuidadosa com o que deixa passar para a imprensa. Na opinião da cantora é isso que faz com que as pessoas, de uma maneira geral, fiquem com a ideia errada de Kidman. E adianta que ela não cria situações para ser “apanhada” pelos paparazzi. “Ela é mais old-school do que isso. Ela não é esse tipo de estrela de cinema”.

7 fotos