Esta homenagem ao único escritor, de Língua Portuguesa, distinguido com o Prémio Nobel de Literatura, conta com a participação dos escritores Laura Restrepo, da Colômbia, Ondjaki, de Angola, e Adriana Lisboa, do Brasil. A viúva do autor e presidente da Fundação José Saramago, Pilar del Río, está também presente na sessão.

O Kennedy Center, o maior centro cultural dos Estados Unidos, com diferentes valências, é, até ao próximo dia 24, uma “montra” da arte e da cultura de Espanha e Portugal.

À entrada do Kennedy Center encontra-se uma instalação dos arquitetos Souto de Moura e Siza Vieira, intitulada “Jangada de Pedra”, inspirada na obra homónima de José Saramago.

Saramago é autor de mais de 30 títulos, entre os quais os romances “O ano da morte de Ricardo Reis” e “Memorial do Convento”, incluídos nos programas curriculares do Ensino Secundário.

José Saramago, falecido em junho de 2010 na ilha espanhola de Lanzarote, publicou praticamente toda a sua obra na Editorial Caminho, designadamente “A Jangada de Pedra”, “Levantados do Chão”, “O Evangelho segundo Jesus Cristo”, “O Homem Duplicado”, “Ensaio sobre a Cegueira” e o romance inicial “Claraboia”, editado postumamente, em 2011.

O autor é atualmente editado pela Porto Editora.