O Belém Art Fest regressa para mais uma edição. Entre os dias 15 e 16 de maio, a música vai tomar conta de alguns dos espaços mais emblemáticos de Lisboa, como o Mosteiro dos Jerónimos ou o jardim da Praça do Império.

Para esta quarta edição, o Belém Art Fest, também conhecido por Festival dos Museus à Noite, voltou a apostar num cartaz cem por cento nacional, do qual se destacam artistas como António Zambujo ou Dead Combo.

No primeiro dia, Zambujo irá subir ao palco Montepio, montado nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos, para apresentar “Rua da Emenda”, o seu sexto disco de originais. No dia seguinte, no mesmo local, será a vez dos Dead Combo apresentarem o mais recente álbum, “A Bunch of Meninos”, editado em 2014.

Pelo palco Famous Grouse, no Museu de Arqueologia, irão passar artistas como Lotus Fever, Golden Slumbers, Joana Espadinha e MAU. Ali bem perto, no Museu Coleção Berardo, irão atuar Mimicat, Rafael Fraga, WACK e os Gospell Colletive, que contarão com Marta Pereira da Costa na guitarra portuguesa.

Uma das novidades da edição deste ano é extensão do festival à Praça Império. Nos dois dias, os jardins da praça irão receber DJs e exibições de dança, a cargo dos Jazzy Dance Studios que, pelo segundo ano consecutivo, se associam ao festival.

Os bilhetes já estão à venda. Os passes (com acesso aos dois dias) custam 20 euros e os bilhetes diários 15.