Na segunda-feira passada celebrou-se o “Memorial Day” nos Estados Unidos, data em que se presta homenagem aos militares que morreram em combate. Para Hollywood, a data também é especial: são lançados os filmes de verão e as vendas das bilheteiras disparam. Este ano, contudo, a indústria apenas encaixou 190 milhões de dólares, o valor mais baixo desde 2001. E o culpado é o novo filme da Disney protagonizado por George Clooney – “Tomorrowland: Terra do Amanhã” – conta o Wall Street Journal.

O novo filme de fição cientifica da Walt Disney Co., cujo título é inspirado numa das zonas do parque de diversão Disneyland, custou cerca 180 milhões de dólares a produzir, escreve o Telegraph. Mas durante o fim de semana do “Memorial Day”, contabilizado de sexta-feira a segunda, apenas rendeu cerca de 41,7 milhões nas bilheteiras.

O elenco conta com George Clooney que interpreta a personagem Frank, Hugh Laurie conhecido pela sua personagem  de Doctor House na série norte-americana “House“, que encarna no filme David Nix, Raffey Cassidy que dá vida à personagem Athena, e Brittany Robertson que interpreta Casey.

No ano passado, na mesma altura, “X-Men: Dias do Passado Futuro” rendeu cerca de 110,6 milhões de dólares na mesma altura, e em 2013, o filme “Velocidade Furiosa 6” rendeu 97,4 milhões.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As vendas desde ano são particularmente preocupantes considerando que o preço dos bilhetes subiu 44% desde 2001 de acordo com a “Associação Nacional de Proprietários de Teatro” norte-americana.

A cotação do filme de acordo com os utilizadores do site IMDb é 6,9 em 10. No site Rotten Tomatoes, o filme teve uma avaliação de 49%. Em ambas as plataformas, que reúnem informação e críticas de vários filmes, os comentários ao “Tomorrowland” foram unânimes: apesar de ser considerado “aceitável para um filme de família“, é classificado de “aborrecido“, “sem sentido” e com um “final muito fraco” para a quantidade de informação revelada durante o desenrolar da história.

Para ficar com uma ideia, pode ver o trailer do filme aqui: