O novo conselho de administração executivo do Montepio iniciou funções esta sexta-feira, apenas dois depois de ter sido eleito em assembleia-geral extraordinária. Em comunicado, a caixa económica diz que a nova equipa, liderada por José Félix Morgado, já obteve a autorização do Banco de Portugal, ao abrigo do registo de idoneidade que é obrigatório para os titulares de cargos na banca. Não há contudo indicação sobre os outros órgãos sociais, também eleitos esta semana.

O Banco de Portugal tinha um mês para se pronunciar, mas tudo indica que os sete nomes que compõem o conselho de administração executivo já teriam assegurado essa autorização quando foram eleitos.

A associação Salvem o Pelicano tinha apelado ao Banco de Portugal para intervir no Montepio, invocando entre outras razões, a insuficiente independência dos nomes propostos para o banco, face à associação mutualista que é a dona do Montepio. Mas nas listas que foram a votação, foram introduzidas algumas alterações, tendo saído o nome do ex-presidente da caixa económica, António Tomás Correia, que continua a presidir à associação mutualista.