439kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Mapa: a cerveja que deve beber nestes 42 países

Este artigo tem mais de 5 anos

Primeira sexta-feira de agosto: feliz Dia Internacional da Cerveja! Entre no mundo da bebida de cevada e saiba qual deve escolher em cada país do mundo. E já agora, como testar a sua qualidade.

i

Getty Images

Getty Images

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A cerveja não sabe toda ao mesmo. Varia de país para país, em função da cultura que a acompanha, dos hábitos de consumo da população e das receitas e técnicas aplicadas. Acompanha bem vários pratos, é a bebida dos amigos por excelência e combina muito bem com o sol do verão. Hoje, como todas as primeiras sextas-feiras de agosto em todo o mundo, é o seu dia e é com ela que se brinda: a cerveja.

Celebra-se a cerveja do tipo Ale, produzida através de cevada maltada com uma levedura a altas temperaturas, típica de Düsseldorf. Também se festeja a Kölsch alemã, famosa em Colónia e fermentada a não mais de 21ºC. Recorda-se a Pils, com uma acidez característica da República Checa. E também as canecas de Lambic, vindas da Bélgica depois de uma boa refermentação.

Muitos nomes para decorar, mas muito úteis para quem for amante de uma boa caneca de cerveja em pleno verão e esteja a viajar pelo mundo. E para que não se perca com tanta escolha, o Observador preparou-lhe dois mapas com as marcas mais vendidas em todo o mundo, de acordo com os dados da Vinepair. Assim, saberá o que pedir, seja onde estiver ou onde for.

Clique e veja. Ou guarde pois nunca sabe quando poderá precisar.

Mas quando pegar num copo de cada uma destas cervejas, não se limite a bebê-la. Tem de a degustar e o El País explica-lhe como em quatro passos.

  1. Espere: As cervejas de trigo e de fermentação espontânea devem respirar. Quando abrir as garrafas, tem de aguardar antes de as beber.
  2. Atenção à espuma: A cerveja só tem qualidade se a espuma for cremosa. É a partir dela que pode testar os aromas da cerveja. Dois dedos de espuma brilhante são um bom presságio.
  3. Cheire-a: Os aromas devem ser limpos e este é um dos cuidados mais importantes a ter com as cervejas de barril.
  4. Faça misturas: Arrisque-se a combinar as cervejas com os alimentos e assim desfrutará mais da sua qualidade. As cervejas do tipo Lambic combinam com queijo azul, por exemplo.

Editado por Filomena Martins

Loja Observador Lifestyle

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.