Se há desculpas para usar brilhos e mais brilhos — quer na roupa, quer na maquilhagem — sem correr o risco de parecer uma árvore de Natal, são mesmo as festas do final do ano. Na consoada ou no réveillon, não há brilho que caia mal. Mas para não correr o risco de ficar com cara de quem atacou o estojo infantil da irmã mais nova, o glitter tem de ser usado com algum cuidado para manter o ar sofisticado. Optar por tons mais sóbrios, como a cor de vinho, o azul-escuro, os castanhos, os cinzentos e os tons champanhe é a primeira informação de que precisa. Se gosta de usar sombra lilás ou roxa, por exemplo, esqueça, por agora, os lilases com brilhos.

Com olhos maquilhados com glitter ou purpurinas, os lábios devem estar pintados de forma mais suave para criar uma harmonia. Não tem obrigatoriamente de usar batons nude. Pode abusar dos vermelhos e dos rosas mas vá sempre para opções de batons mate. Por outro lado, se glitter nos olhos é demais para si, dê uma hipótese aos lábios brilhantes com gloss de efeito brilhante.

Mas há mais: para uma maquilhagem de brilhos se manter bonita, a sua pele tem de estar perfeita. E isso significa sem papos, olheiras ou marcas. A melhor forma de o conseguir é usar previamente produtos de efeito instantâneo que ocultem e aliviem todas as imperfeições da pele. E neste tipo de visuais, não pode dispensar os fixadores de maquilhagem (em spray) e os primers de sombras (para fixar os brilhantes durante mais tempo).

E agora, a melhor parte: veja, na fotogaleria, algumas sugestões de maquilhagem para brilhar da cabeça aos pés.

12 fotos