Livros

Game of Thrones. George R.R. Martin não conseguiu terminar o novo livro antes da 6ª temporada

277

O escritor norte-americano falhou o último prazo para entregar o manuscrito da saga, a 31 de dezembro. A nova temporada da série vai para o ar, antes de o sexto livro ser publicado.

"Não há desculpas. Não há ninguém para culpar. Nem os meus editores, nem a HBO. A culpa é minha", lamentou

Getty Images

Autor
  • Miguel Santos Carrapatoso

O novo ano arranca com uma péssima notícia para os milhões de fãs do universo Crónicas de Gelo e Fogo, que saltou para o pequeno ecrã com o título de Game of Thrones, o primeiro capítulo da obra pensada e escrita por George R.R. Martin. O escritor norte-americano não consegiu terminar o sexto volume da saga ate 31 de dezembro – o prazo-limite estipulado -, o que significa que, na prática, a série televisiva baseada na obra de Martin vai antecipar-se aos livros pela primeira vez desde que estreou.

A sexta temporada de Game of Thrones, transmitida pela HBO, estreia em abril e muito se especulou sobre se George R.R. seria ou não capaz de terminar o sexto livro antes do início da série. O escritor já tinha falhado o primeiro prazo para a entrega do manuscrito – em outubro de 2015 – e voltou a falhar este último prazo.

A informação foi confirmada pelo próprio George R.R. Martin e está a fazer eco na imprensa internacional. “Vocês [leitores] não vão gostar disto. Durante meses não quis mais nada que não fosse ser capaz de dizer: ‘Completei e entreguei o The Winds of Winter [nome do sexto livro] antes do último dia de 2015’. Mas o livro não está pronto”.

E as más notícias não se ficam por aqui. “Nem é provável que o [livro] esteja pronto amanhã ou na próxima semana. Sim, muita coisa está escrita. Centenas de páginas. Dezenas de capítulos. Mas também há muito por escrever. Estou a meses [de o acabar]… e isso se a escrita correr bem. Às vezes corre. Outras vezes não. Há capítulos por escrever, claro, mas também por reescrever. Eu costumo reescrever muito, às vezes só para polir [a história], outras vezes para fazer grandes reestruturações”, admitiu o norte-americano.

Os fãs da saga terão agora de acompanhar os novos desenvolvimentos pela televisão e perceber onde vão dar as muitas pontas deixadas soltas. Uma coisa é certa e assumida pelo próprio criador da saga: apesar de a série não resepeitar inteiramente a narrativa criada por George R.R. Martin – nas últimas duas temporadas livros e série têm-se distanciado cada vez mais -, é muito provável que a série televisvia venha a revelar eventos importantes do próximo livro. “Não vou arranjar desculpas. Não há desculpas. Não há ninguém para culpar. Nem os meus editores, nem a HBO. A culpa é minha. Eu tentei e continuo atentar”, lamentou o autor.

George R.R. Martin tem sido muito pressionado pelos fãs das Crónicas de Gelo e Fogo para terminar o sexto livro – o último livro foi publicado em 2011. Mas ainda não será desta que o novo capítulo da obra vai conhecer a luz do dia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Livros

O dr. António Sousa Homem & família /premium

Maria João Avillez

Nessa noite, ao apagar a luz, com um cansaço jubiloso, feito de uma curiosidade que galopava à minha frente, surpresa sem nome e raríssimo deleite, olhei distraidamente para o relógio: era madrugada.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)