A fadista Ana Moura publicou esta madrugada um post na sua página de Facebook dedicado a Prince, onde se mostra muito abalada pela morte do artista.

A primeira vez que te vi, demonstraste tanta humildade e gratidão. Mesmo depois de todo este tempo, não mudaste nem um bocado”, escreve a cantora, recordando palavras que Prince lhe dirigiu.

Ana Moura continua a mensagem lembrando que Prince lhe costumava dizer que “a música ajuda” e deseja que agora “isso seja verdade”.

Tenho um concerto esta noite e, sinceramente, não sei o que tenho para dar. Se ele estivesse aqui diria : “Vais fazer esse concerto!” Tudo o que posso dizer é que vou tentar. Isto tudo é tão difícil de aceitar.”

No dia da morte de Prince, quinta-feira 21 de abril, Ana Moura já tinha homenageado o cantor: alterou as suas fotos de perfil e de capa para uma imagem toda preta.

Os dois eram amigos. Em 2009 Prince revelou ser fã de Ana Moura e um ano depois a fadista participou no concerto que o norte-americano deu no Super Bock Super Rock, em Lisboa. Cantaram juntos duas músicas: A sós com a noite e o fado tradicional Vou dar de beber à dor.

“Criámos uma amizade, e volta e meia a minha tour coincide com os sítios onde ele está no momento. Fazemos algumas jam [sessions] com ele e músicos que tocam para ele. Realmente tem sido uma experiência super enriquecedora para mim”, disse Ana Moura em 2012, em declarações ao Jornal de Notícias, a propósito de se ter encontrado com Prince em Nova Iorque. Dessa vez, contudo, não atuaram juntos.

Investigação à morte de Prince alargada

A investigação sobre as causas e circunstâncias da morte do cantor continua. Na sexta-feira passada, a polícia norte-americana confirmou que o corpo não tinha “sinais de trauma visíveis”, não havendo razões para desconfiar de suicídio.

Ao final do dia, o The New York Times adiantou que as autoridades vão alargar a investigação à aterragem de emergência do Falcon Dassault 900, onde o cantor viajava. O avião dirigia-se a Mineapolis, mas acabou por aterrar no estado do Illinois, depois de o piloto ter dado um alerta de emergência a bordo.

Na chamada, feita para a torre de controlo de Chicago, capital do Illinois, o piloto explicou que estava a bordo um passageiro do sexo masculino sem reação. O avião aterrou naquela madrugada no estado do Illinois e só voltou a voar na manhã do dia seguinte, sábado.

Os representantes de Prince atribuíram a interrupção do voo a uma crise prolongada, mas já surgiram, entretanto, rumores de que o cantor terá ido ao hospital tratar uma overdose.