O treinador do FC Porto afirmou esta quarta-feira que quer vencer e efetuar uma boa exibição são os objetivos para o encontro matinal de sábado com o Boavista, da última jornada da I Liga de futebol.

O treinador voltou a referir a necessidade de melhorar o método de jogo e a consistência, esclarecendo que estes jogos são propícios a isso mesmo.

“Ganhando, de certeza que a confiança e o nível de jogo sobem. Mau seria se os jogadores não dessem o seu melhor no próximo sábado e isso serve como preparação para o jogo mais importante da época (final da Taça de Portugal)”, disse.

No entanto, José Peseiro alertou: “O ‘onze’ de sábado não será igual ao da final da Taça. Por exemplo, o Casillas vai estar na baliza, e na final da Taça será o Helton”.

O dérbi portuense disputa-se este sábado, ao final da manhã, um horário invulgar para esta competição, algo que o treinador dos ‘dragões’ desvaloriza.

Peseiro garante que até vê vantagens no facto de o jogo decorrer às 11h45 horas.

“Um jogo a esta hora permite estarmos noutros mercados a vender o nosso produto, o que é bom. Noutros países, essa questão tem sido positiva. Isso pode gerar mais dinheiro. E do ponto de vista dos jogadores, se treinamos a essa hora, por que razão não poderíamos jogar a esta hora”, questionou.

Confrontado com as declarações de Casillas, segundo o qual a equipa está “encantada com o treinador”, José Peseiro agradeceu o elogio, mas admitiu que é necessário reter outra afirmação que o guarda-redes internacional espanhol proferiu.

“É mais importante o que ele disse em relação à próxima época, em que disse que temos que fazer mais e melhor”, lembrou o técnico portista.

José Peseiro enalteceu ainda o feito de a equipa B do FC Porto, que no passado fim de semana se sagrou campeã da II Liga: “É um feito tremendo. Não sei se as pessoas conseguem ver a dimensão deste feito”.

Sobre a escolha de Carlos Xistra para o dérbi portuense, o treinador ‘azul e branco’ recordou a arbitragem do mesmo juiz no jogo de Braga, sendo que, então, queixou-se de duas grandes penalidades não assinaladas a favor dos portistas.

“É um bom árbitro, tem capacidade e tenho a certeza de que vai fazer melhor do que fez no jogo Sporting de Braga-FC Porto”, finalizou.