A fadista Ana Moura abre esta quinta-feira os “Grandes Concertos”, no ‘Lounge D’ do Casino Estoril, nos arredores de Lisboa, ciclo que, até setembro, vai apresentar oito espetáculos, sempre às quintas-feiras, pelas 23h00.

Ana Moura abre um ciclo protagonizado exclusivamente por artistas nacionais. A fadista, que viu recentemente o seu tema “Ninharia”, fazer parte da lista das cem canções favoritas deste ano da NPR, a rádio pública nacional dos Estados Unidos, vai apresentar um alinhamento baseado nos álbuns mais recentes, “Moura” e “Desfado”.

Tiago Bettencourt apresenta-se a 28 de julho. “Num registo acústico, o intérprete vai convidar o público a viajar pelos êxitos mais marcantes da sua carreira como ‘Carta’, ‘Laços’, ‘Canção simples’ ou ‘Só mais uma volta'”, adiantou à Lusa fonte do casino.

Luís Represas, ex-Trovante, atua no dia 4 de agosto, e, no dia 11, atuam Pedro Abrunhosa & Comité Caviar. “Autor e compositor de numerosos êxitos, Pedro Abrunhosa apresenta o álbum ‘Contramão’, revisitando, ainda, outros temas emblemáticos do seu percurso discográfico”.

Os Clã tocam no dia 18 de agosto. Depois de “terem esgotado, por diversas vezes, o ‘lounge'”, os Clã vão apresentar o álbum “Corrente”.

Os Deolinda sobem ao palco do ‘Lounge D’ no dia 25 de agosto, “para interpretar os principais temas do novo álbum, ‘Outras histórias'”.

Os HMB, “inspirados nos melhores registos de ‘soul’ e ‘r’n’b'”, atuam no dia 1 de setembro, e António Zambujo encerra, no dia 8 de setembro, o ciclo “Grandes Concertos”.

O cantor editou, em 2002, o seu primeiro álbum, “O mesmo fado”, tendo-se seguido, em 2004, “Por meu cante”, em 2007, “Outro sentido”, e, em 2010, “Guia”. Em 2012, saiu o álbum “Quinto”, ao qual sucedeu, em 2014, “Rua da Emenda”

No ano passado, os oito concertos do ciclo foram aplaudidos por “cerca de 80 mil pessoas”, segundo dados do Casino Estoril.