Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Cerca de 3.000 pessoas reuniram-se nas Portas do Sol, em Madrid, com um objetivo: caçar pokémons. A reunião foi marcada através do Facebook e teve que ser mudada de lugar devido à quantidade de pessoas que aderiram ao evento, conta o El País. Inicialmente, o encontro seria junyo ao monumento a Afonso XII, no jardim do Retiro, mas depois de 5.000 pessoas terem declarado interesse em participar, a localização foi mudada.

A decisão não agradou a todos, já que no jardim podem ser encontradas mais criaturas. Ainda assim, foram muitos os que aderiram, quebrando o recorde inicial que pertencia a Sidney. Na cidade australiana já se tinham reunido 2.000 treinadores.

A organização justificou a alteração dizendo que a praça tem melhor cobertura de rede e os jogadores poderiam usufruir de um dos dois ginásios que lá existem para competir com outros treinadores. No entanto, a grande concentração de pessoas provocou problemas no funcionamento da aplicação. Várias pessoas queixaram-se que estava muito lenta.

A praça madrilena recebeu pessoas de vários pontos do país e até turistas. Alguns vestiram-se a rigor, encarnando as personagens da série televisiva.

A intenção do evento foi chamar à atenção da Niantic Labs, empresa que criou o jogo, para que Madrid possa ser a primeira cidade a receber um evento com um pokémon lendário (se não sabe quais são, veja-os aqui).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR