Se os contornos nos ensinaram a esculpir os ângulos do rosto, a tendência acabou por chegar aos cabelos e, ao contrário do que seria de imaginar, o resultado é bem mais natural do que as irmãs (Kardashians) que a tornaram viral. Esta técnica não é propriamente nova — há anos que as celebridades fazem colorações adaptadas aos seus próprios rostos, como a atriz Sarah Jessica Parker que, na série Sexo e a Cidade, teve um dos cabelos mais copiados de sempre. Mas o “contorno de cabelo” tornou-se, para a sorte das comuns mortais, uma técnica cada vez mais explorada nos salões e que permite aplicar cor enquanto se joga com tons claros e escuros para se criar um efeito ótico que faz com que o rosto pareça mais modelado. Não com maquilhagem mas com um cabelo que cria este efeito. Curiosa?

O contorno de cabelo

Uma das grandes mais valias em fazer uma coloração de contorno de cabelo e não uma coloração ou madeixas mais “banais” é que a abordagem é completamente personalizada. É como uma coloração feita por medida para cada pessoa onde se experimentam diferentes tons para cada tipo de rosto. São os tons que vão alongar ou criar formas na face, melhorando a estrutura óssea de cada pessoa nos pontos-chave: olhos, maçãs do rosto e maxilares. Esta técnica de coloração dá ainda uma espécie de “iluminação”, tornando o cabelo menos plano porque as luzes são colocadas estrategicamente ao longo dos fios.

Como é que luzes no cabelo podem melhorar a estrutura óssea? O jornal espanhol El Mundo explica que num rosto, por exemplo, com um nariz grande, os contornos claros são colocados na zona das bochechas. Já num rosto com uma mandíbula proeminente, os contornos são mais claros nessa zona e escuros nas maçãs do rosto e parte frontal para criar uma harmonização que disfarça essa particularidade.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

E embora esta técnica pareça, de repente, complicada é, na verdade, muito mais simples e rápida do que madeixas ou nuances. Mas também implica ser feita em salões que saibam realmente o que estão a fazer. Antes de se aventurar, questione o profissional para perceber se tem sensibilidade e à vontade neste tema.

O que procurar para cada tipo de rosto

  • Rosto triangular: procura-se um equilíbrio das formas do rosto de forma a suavizar as linhas e criar uma forma mais ovular. Aqui, deixam-se as pontas mais claras e a raiz escura para criar um efeito ótico de volume na parte inferior do rosto.
  • Rosto oval: considerado o rosto mais versátil, os contornos procuram, acima de tudo, criar profundidade, dar luz e brilho de forma a acentuar o formato oval.
  • Rosto redondo: o objetivo é afinar o rosto, pelo que os contornos mais claros são aplicados ao redor da linha do cabelo e os mais escuros abaixo das orelhas e em madeixas interiores. Assim, consegue-se um contraste que acaba por moldar o rosto.
  • Rosto quadrado: aqui, o jogo de contrastes é fundamental e as camadas de multi-tons claros e escuros são aplicadas nos cantos do rosto e ao redor do queixo e das têmporas para suavizar as linhas e dar profundidade à forma do rosto.

Alguns exemplos de inspiração que mostram o contouring de cabelos no seu melhor:

https://twitter.com/MagMillennials/status/758698571298443265

https://twitter.com/Shobieandco/status/719589765276897280

https://twitter.com/yahoo7lifestyle/status/737161676412198912