A 9 de janeiro de 2007, Steve Jobs subiu ao palco para apresentar um aparelho que iria mudar a vida das pessoas. O produto apresentado pelo criador da Apple como um “três-em-um” – um iPod com controlos touch, um telemóvel revolucionário e uma mudança nos aparelhos que comunicavam através da Internet – foi chamado de iPhone. Dez anos depois, o revolucionário equipamento vai na sua oitava versão.

https://www.youtube.com/watch?v=-3gw1XddJuc

Adorado por muitos, detestado por outros tantos e indiferente a mais alguns. Seja qual for o caso, este foi um smartphone que influenciou (e ainda influencia) a indústria e esta keynote, apresentada por Steve Jobs, foi uma das mais marcantes de sempre.

Na apresentação, Jobs falou do iPhone como algo único. Além de ser um telemóvel funcional, conseguia reproduzir filmes, podcasts, programas de televisão, sincronizar os favoritos do browser e ainda sincronizar as fotos com o computador.

Ao fim de dez anos, o atual presidente-executivo da Apple, Tim Cook, refere que “o iPhone é uma parte essencial da vida dos nossos clientes e hoje, mais que nunca, está a redefinir a maneira como comunicamos, entretemos, trabalhamos e vivemos”, pode ler-se no site da Apple, prometendo que este é apenas o início e que “o melhor ainda está por chegar”.

Embora a apresentação fosse feita no início de 2007, só no verão desse ano é que o primeiro iPhone foi lançado no mercado. Desde então, a Apple já vendeu mais de mil milhões de equipamentos no mundo inteiro. Recorde aqui a evolução do iPhone no arquivo da Apple.