Separador-NORTE

Música

Esta sexta-feira, 13 de janeiro, há fado na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão às 21h30 com Patrícia Costa. Assume-se como uma fadista tradicional, e é isso que procura mostrar no novo disco, “Fados”.

O Theatro Circo, em Braga, recebe Daniel Pereira Cristo e o concerto “Cavaquinho Cantado” no sábado e no domingo, às 21h30. O músico e compositor bracarense, apaixonado pela música de identidade e instrumentos tradicionais, apresenta o seu primeiro trabalho a solo.

O Teatro de Vila Real mostra este sábado às 18h00 “À La Joie – Um Recital Em Festa“. Marina Pacheco, Pedro Costa e Tiago Matos juntam-se para celebrar M. Ravel, A. Honneger, A. Zemlinsky, E. W. Korngold, A. Fragoso e G. Gershwin. Os bilhetes custam 5 euros.

O Auditório Municipal de Lousada recebe Teresa Salgueiro em concerto esta sexta-feira, às 21h30. “Horizonte” é o nome do álbum, editado em 2016. Os bilhetes custam 5 euros.

A Casa da Música prossegue com a série de Grandes Concertos para Violino com o Concerto de Tchaikovski, esta sexta-feira às 21h00. A interpretação é da alemã Viviane Hagner, que se estreou com a Orquestra Filarmónica de Israel sob a direcção de Zubin Mehta com apenas 13 anos. Bilhetes a 20 e 22 euros.

Laurent Garnier regressa a Portugal para um concerto no Hard Club, no Porto, este sábado às 23h55. Os bilhetes custam 20 euros.

Palco

O Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, apresenta este sábado às 22h00 a peça Prelúdio: a mulher selvagem”. Esta é uma história de um grito interior, visceral mesmo, que aponta diretamente à natureza selvagem das mulheres. Com encenação de Bruno Martins e interpretação de Catarina Gomes, Cláudia Berkeley, Daniela Marques. As entradas custam entre 5 e 7,50 euros.

No próximo sábado às 21h30, o Grupo de Teatro Alma de Ferro, da Associação Cultural de Torre de Moncorvo, vai apresentar no Auditório Municipal de Murça a peça de teatro vicentina “A Farsa de Inês Pereira“.

In-Shell-Side” é o espetáculo que a Companhia de Dança Contemporânea de Évora apresenta esta sexta-feira às 21h30, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, com Direção e Coreografia de Nélia Pinheiro. Os bilhetes custam 2 euros.

A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão organiza visitas guiadas para as famílias para “Espreitar o Teatro em Família“, este domingo às 11h00. Percorra todas as áreas da Casa das Artes, mesmo aquelas às quais só os artistas têm acesso, vislumbre a exposição do foyer da Casa das Artes. Ouça as histórias mais caricatas e entusiastas desta “aventura artística” que celebra no presente ano o seu décimo quinto aniversário.

Exposições

Até dia 15 ainda pode visitar a exposição “Caminhos de Floresta” no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães. Para o filósofo alemão Martin Heidegger, de cuja obra o título desta exposição é pedido de empréstimo, a produção artística é uma “forma de posicionamento do homem perante a natureza”. As entradas custam entre 3 e 4 euros.

Este sábado a partir das 16h00, a Rua Miguel Bombarda, no Porto é palco para Inaugurações em Simultâneas, Visitas Guiadas e muito mais. Os ciclos de inaugurações estão marcados para 14 de janeiro, 11 de março, 29 de abril, 17 de junho, 23 de setembro e 11 de Novembro, seis sábados, sempre a partir das 16h00 e com acesso livre.

A Direção da Árvore — Cooperativa de Actividades Artísticas inaugura a exposição “Recordar Fernanda Marinho“, esta sexta-feira pelas 21h30. Patente até dia 8 de fevereiro.

fernanda marinho

A Casa das Artes, no Porto, inaugura a exposição “Nu Eterno” este sábado, às 16h00. Esta é uma mostra de trabalhos escultóricos em pele do artista João Carvalho. A exposição estará patente ao público até 5 de março. A entrada é livre.

Cinema

O Grande Auditório do Rivoli, no Porto, recebe o ciclo de cinema Multiplex 2017: Victor Erice, que acaba sexta-feira. A convite da Universidade Lusófona do Porto, o cineasta Victor Erice profere uma masterclass e acompanha um ciclo retrospetivo da sua obra, numa iniciativa organizada em conjunto pela Universidade Lusófona do Porto e o Teatro Municipal do Porto. A entrada é gratuita.

cinema rivoli

Separador-CENTRO

Música

O Cineteatro António Lamoso, em Santa Maria da Feira, recebe Rodrigo Leão & Scott Matthew em concerto este sábado e domingo às 22h00. Life Is Long é a história de uma “parceria inevitável”. Os bilhetes custam entre os 15 e os 20 euros.

O Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, recebe o concerto António Zambujo convida Luísa Sobral e Miguel Araújo, este domingo às 21h30. Os bilhetes custam 25 euros.

Palco

No Teatro Académico Gil Vicente ainda pode ver, esta sexta feira, “Sócrates tem Medo de Morrer”. É a estreia da nova coprodução com o Teatro Municipal São Luiz (Lisboa) e o Centro Cultural Vila Flor (Guimarães). Albano Jerónimo, Ana Bustorff, Paulo Pinto, Pedro Lacerda e Maria Leite são os atores em cena, numa criação de Mickaël de Oliveira. Às 21h30, bilhetes a 7 euros.

O Teatro Aveirense apresenta este sábado às 21h30 “As Criadas“, de Jean Genet. O ar é nauseante. Mas elas respiram-no. A partir do momento em que a patroa se ausenta, a fantasia rasga-se no imaginário de duas irmãs, que se transportam para longe das suas próprias vidas, numa fuga urgente de um quotidiano miserável. Encenação de Marco Martins, tradução de Matilde Campilho e interpretação de Beatriz Batarda, Luísa Cruz e Sara Carinhas. Os bilhetes custam 10 euros.

criadas

O Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, apresenta a Ópera Pimpinone, de G. P. Telemann, este sábado, às 18h00. A história começa com a camareira Vespetta em busca de um marido e que vê no rico mercador Pimpinone uma possibilidade de independência. Assim, deliberadamente, Vespetta seduz Pimpinone que se apaixona por ela e lhe oferece emprego. Os bilhetes custam 7 euros.

ópera

O Convento de São Francisco, em Coimbra, apresenta a peça “Ricardo III” de William Shakespeare, este sábado e domingo, às 21h30. Com direção artística de Tónan Quito, o espetáculo oscila, paradoxalmente, entre o desprezo e o fascínio por este ardiloso ser. Ricardo III é o centro de si próprio, a explosão do eu: “Ricardo ama Ricardo, ou seja, eu sou eu”. E assim se vai seguindo, de morte em morte, de mentira em mentira. Os bilhetes custam entre os 8 e os 10 euros.

ricardo III

O Centro Cultural Gonçalves Sapinho, em Alcobaça, recebe a peça “Gisberta” este sábado às 21h00. Rita Ribeiro interpreta a história ficcional, com contornos realistas, da mãe da transexual Gisberta, que foi assassinada em 2006 no Porto, vítima da violência de 14 jovens internos de uma instituição católica.

O Teatro-Cine de Pombal apresenta a peça “O Torcicologologista, Excelência” este sábado às 21h30. Para onde o desencanto se cruza com um humor corrosivo, é composta de diálogos ficcionais, uma espécie de diálogos socráticos, entre duas personagens, os Excelências, Vossa Excelência fala para Vossa Excelência e no meio do absurdo que é a existência e a tentativa de entendê-la, os dois lá vão dissertando sobre o bem e o mal, as revoluções, o tédio, as danças e a preguiça, sobre as grandes questões e os pequenos contratempos, sobre os saltos e as quedas.

O Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, apresenta a peça “Fábrica das Gravatas“, este domingo às 11h00. O dia-a-dia de um palhaço que trabalha numa fábrica de gravatas que é constantemente interrompido pelos pequenos prazeres da vida. Os bilhetes custam 3,50 euros.

gravatas

Feiras

O Mercado Cooletivo Aveiro recebe novos designers, joalharia, artesanato, artigos vintage, segunda mão e usados, artigos novos e marcas portuguesas, este sábado das 10h00 às 18h00. Mas este é muito mais que um mercado é um centro de reunião de artistas e apresentação de vários projetos.

Separador-SUL

Música

Esta sexta-feira, às 22h00, a Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, recebe Vessel & Pedro Maia em concerto e a atuação de MMMOOONNNOOO. Os bilhetes custam 8 euros.

VESSEL

O Centro Cultural de Belém, em Lisboa, celebra este domingo às 17h00, o aniversário de John Adams com Songs from the Wound-Dresser poemas que Walt Whitman escreveu em 1865 e que John Adams descreve como sendo “simultaneamente explícitos e ternos, quiçá a memória mais íntima que Whitman viveu durante os seus anos de trabalho como enfermeiro voluntário em tempo de guerra”. A Sinfonia n.º 1 em Ré maior, de Mahler, também conhecida por Titã foi, a exemplo das suas muitas inovações sinfónicas, uma genuína mudança no género. Os bilhetes custam entre 5 e os 20 euros.

A Fundação Calouste Gulbenkian recebe esta sexta-feira, às 19h00, Karine Deshayes para o concerto Amor e Êxtase. Sob a direção do maestro Lorenzo Viotti, os concertos da Orquestra Gulbenkian desta semana apresentam um programa preenchido por obras emblemáticas de Wagner, Chausson, Debussy e Scriabin, onde predominam temas como o drama, a poesia, o amor e o êxtase. Os bilhetes custam entre os 12 e os 24 euros.

O Teatro Municipal de Portimão recebe “Recital de Piano” por Laura Quaresma, este sábado às 16h00. Laura Quaresma percorre, neste recital, três séculos de música, entre os períodos Barroco e Contemporâneo, através de três dos seus maiores compositores da história da música: Johann Sebastian Bach, Frédéric Chopin, Maurice Ravel. A entrada é gratuita.

laura quaresma

Exposições

Até domingo é possível ficar a conhecer os trabalhos do “PARTIS – Práticas Artísticas para Inclusão Social“, na Fundação Calouste Gulbenkian. Ao fim de três anos é altura de mostrar o trabalho que têm desenvolvido nas áreas da Música, Teatro, Fotografia, Cinema e até Artes Circenses, num conjunto de apresentações.

A Sociedade Nacional de Belas Artes apresenta, na Galeria de Arte Moderna Pintor Fernando de Azevedo, em Lisboa, a exposição de pintura “Gestos da Vontade“, de Sofia Salazar Leite. Esta exposição reúne 24 quadros de médios e grandes formatos, pintados em acrílico sem tela, entre 2014 e 2016. A exposição estará disponível até dia 11 de fevereiro.

exposição lisboa

Cinema

O Auditório Municipal de Alcácer do Sal organiza duas sessão de cinema com o filme “O Número“, este sábado às 16h00 e às 21h00. Com a ajuda de outro sobrevivente de Auschwitz e de uma carta manuscrita, um homem de 80 anos, demente, tenta encontrar e punir o antigo guarda nazi responsável pelo assassinato da sua família há sete décadas, durante a II Guerra Mundial. Na sua busca por vingança, tem de lidar com as falhas de memória inerentes à sua condição.