Governo

Governo lança esta segunda-feira 60 medidas para a Indústria 4.0

161

O ministro da Economia lança um conjunto de 60 medidas da iniciativa "Indústria 4.0 - Economia Digital", que vai envolver 50 mil empresas e prevê mais de 2.000 milhões de euros de investimento.

João Vasconcelos é o secretário de Estado da Indústria

© Hugo Amaral/Observador

O ministro da Economia anuncia hoje um conjunto de 60 medidas da iniciativa “Indústria 4.0 – Economia Digital”, que vai envolver 50 mil empresas e prevê mais de dois mil milhões de euros de investimento nos próximos anos. “Vamos apresentar 60 medidas que foram trabalhadas com um grupo de empresas e empresários que se juntaram a nós, com a COTEC e com a Deloitte”, explicou à Lusa o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Segundo o governante, estas medidas incluem formação e capacitação de recursos humanos, de cooperação tecnológica, de adaptação legal e normativa, “medidas de amplo espetro que o que pretendem é fazer com que haja uma aceleração dos processos de digitalização de indústria”. O objetivo é que “Portugal chegue à Indústria 4.0, a esta revolução que está já acontecer, que chegue no pelotão da frente e não que chegue como chegou noutras revoluções industriais, atrasado, e que perca este comboio”, salientou Manuel Caldeira Cabral.

“Estas medidas vão incluir, por exemplo, na área da formação, 20 mil pessoas em ofertas de formação de competências digitais, vão mobilizar fundos estruturais dedicados à Indústria 4.0 em 400 milhões [de euros], vão envolver 50 mil empresas em medidas incluídas na estratégia nacional de digitalização da economia”, adiantou o governante.

“No total, obviamente que grande parte deste investimento será feito pelas empresas, pela indústria, pela colaboração de empresas de setores industriais e ‘startups’ [empresas em início de atividade] digitais, o que se prevê é que nos próximos anos haja mais de 2.000 milhões [de euros] de investimento em Portugal em inovação dirigida à área de digitalização da indústria, da digitalização das atividades”, acrescentou.

A apresentação das 60 medidas para a “Indústria 4.0 – Economia Digital” decorrerá em Leiria e contará com as presenças do primeiro-ministro, António Costa, do ministro da Economia, e do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos. No evento será assinado o protocolo de cooperação entre o Governo e a COTEC Portugal.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

Pode alguém pedir que se aja com escrúpulos?

Rita Fontoura
1.043

A falta de escrúpulos está a destruir o nosso país. Fomos enganados e estamos a ser enganados. É algo que não salta à vista e por isso engana, o que não espanta já que quem nos governa teve bom mestre

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)