A Federação Internacional de Ténis (ITF) anunciou, esta segunda-feira, que vai multar o canadiano Denis Shapovalov em 6.520 euros por acertar com a bola no árbitro do encontro com a Grã-Bretanha na Taça Davis.

No quinto e decisivo encontro da eliminatória, que estava empatada a dois, o jovem tenista, de 17 anos, foi desqualificado por atingir com a bola o árbitro Arnaud Gabas, dando o triunfo a Kyle Edmund e a passagem da Grã-Bretanha aos quartos de final.

Numa atualização publicada esta segunda-feira a um comunicado anterior, a Federação Internacional de Ténis anunciou a medida e garantiu que “não estão previstas ações disciplinares adicionais”.

No comunicado, o organismo considera que Shapovalov não teve intenção de visar Gabas, que foi atingido na cara pela bola lançada pelo tenista, depois de perder um ponto, e teve de receber tratamento hospitalar em Otava.

O canadiano considerou o comportamento que teve na reta final do encontro “pouco profissional e indesculpável“.

No calor do momento, depois de ter perdido um jogo, perdi o controlo das minhas emoções e lancei a bola, com a intenção de atirá-la para fora do ‘court’. Infelizmente, de forma involuntária, acertei no senhor Arnaud Gabas, o árbitro do encontro”, explicou Shapovalov no Twitter.