A Uber ultrapassou no mês passado a barreira das 5 mil milhões de viagens realizadas em todo o mundo, informou a empresa em comunicado esta sexta-feira. Segundo a nota, o marco foi atingido no dia 20 de maio deste ano, às 8h29 (hora de Lisboa), hora a que foram efetuadas 156 viagens em simultâneo, em 24 países de seis continentes.

A viagem mais curta do grupo durou apenas dois quarteirões e meio em São Francisco. A mais longa durou 27 quilómetros em Singapura (uma distância considerável, num país com apenas 50 quilómetros de largura). Quinze passageiros utilizavam a Uber fora da sua cidade natal”, detalha o comunicado da empresa.

Além disto, deste grupo de 156 viagens que permitiram bater o recorde, uma “era a estreia de um motorista com a Uber, que recolheu um passageiro numa mota em Jacarta, na Indonésia”, e “seis utilizadores estavam também a realizar as suas primeiras viagens Uber“.

A empresa tem vindo a bater sucessivos recordes de viagens em todo o mundo, apesar das polémicas em que está envolvida com a regulação da sua atividade e com a concorrência dos taxistas. O primeiro grande marco foi atingido em 2015, cinco anos depois do início da atividade da empresa: mil milhões de viagens. Seis meses depois, a empresa ultrapassou os dois mil milhões de viagens.