Rádio Observador

Primeira Liga NOS

Benfica é favorito ao título. Porto e Sporting vêm a seguir

117

Apesar do deslize frente ao Rio Ave e a fraca exibição da última jornada o Benfica continua a ser o grande favorito a erguer o troféu.

ROBERT GHEMENT/EPA

Autores
  • Paulo Rosário
  • Ricardo Santos

O campeonato já começou? Toca a ligar o computador. O ano passado tivemos bastante sucesso, fizemos o primeiro modelo de computador para a imprensa portuguesa que apontou logo ao Real Madrid na Champions enquanto muitos estavam centrados no Barcelona. O sucesso foi tanto que já começamos a ver outros modelos a aparecer por aí. Mas cá vamos ao que interessa. Novamente mais do que as contas as previsões emocionais, o autor sportinguista desta linha está claramente convencido que com Jesus à terceira é de vez. O autor benfiquista já só sonha com o penta.

No futebol a receita é fácil, equipa que ganha não se mexe por isso vamos apostar no mesmo modelo. A cada atualização simularemos o campeonato português 10,000 vezes para calcular qualquer cenário imaginável de surpresas, reviravoltas e resultados inesquecíveis. Em cada um desses campeonatos virtuais interessa-nos saber:

  • O Campeão, que esta época será o único com acesso direto à Liga dos Campeões
  • O segundo classificado, que entrará no terceiro playoff da Champions
  • O terceiro e quarto classificado, que garantem o acesso a Liga Europa
  • Os dois despromovidos

Campeão

Apesar do deslize frente ao Rio Ave e a fraca exibição da última jornada o Benfica continua a ser o grande favorito a erguer o troféu, com alguma vantagem face ao Porto (2º favorito) e Sporting. No entanto dada a concorrência, apenas tem 40% de hipóteses, ou seja o cenário mais provável é que o Benfica não consiga conquistar o almejado penta. Os outros dois favoritos, Porto e Sporting, não estão muito longe, com 34% e 24%, respetivamente.

Portanto, tal como no ano passado, a luta pelo título promete e não vai ser fácil para ninguém!

Hipóteses europeias

Como é tradição, é quase certo que qualquer um dos três grandes se qualifique para uma qualquer competição europeia. Para além dos três candidatos do costume, surgem dois clubes destacados: o surpreendente Rio Ave e o Braga, com 36% e 27% de hipóteses de se qualificarem para as competições europeias. E claro que é bastante mais provável a qualificação para a liga Europa do que para a liga dos milhões…Ainda com algumas hipóteses mas já mais longe, com perto de 10% de hipóteses, surgem o Guimarães, Marítimo, Feirense e Estoril.

Liga dos últimos

Mais cá para baixo há mais competição já que há nove candidatos á segunda liga. Destes nove, três surgem destacadas: Desportivo das Aves ( 42%), Paços de Ferreira (35%) e Chaves (28%). Depois temos então os outros com probabilidades mais baixas ( entre os 11 e os 18%): Moreirense, Setúbal, Belenenses, Portimonense, Tondela e Boavista.

De qualquer forma, por muito importantes que sejam os números, na hora da verdade o que importa é mesmo saber se a bola entra ou não – com ou sem vídeo arbitro! Cá estaremos para ir atualizando as nossas previsões ao longo da época. Até lá, rola a bola!

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)