Há um ano, Sam Lubell e Greg Goldin lançaram o livro “Never Built New York”. Era um repositório de planos arquitetónicos que estiveram a centímetros de terem sido postos em prática, mas que nunca saíram das imaginações férteis dos criadores. Este mês, esses planos vão estar expostos no Museu de Queens, nos Estados Unidos. É a oportunidade de ver Nova Iorque como poderia ter sido, mas nunca foi.

À semelhança do que já tinha acontecido na obra lançada em 2016, a exposição é uma viagem aos últimos 150 anos de modelos tridimensionais, desenhos, planos tecnológicos e histórias nunca concretizadas que foram projetados para Nova Iorque. A maioria nunca chegou sequer a ser aceite, nenhum viu a luz do Sol à conta das dificuldades económicas, das tecnologias pouco desenvolvidas ou do desagrado da população da cidade.

Tudo isto foi possível porque Sam Lubell e Greg Goldin tiveram acesso a 40 arquivos, tanto públicos como privados, de relatórios e projetos deixados ao abandono. Passados dezenas de anos, no entanto, alguns desses planos podem estar prestes a tornarem-se realidade e até já estão em construção. Veja 13 exemplos na fotogaleria.