O treinador da seleção portuguesa de futebol de sub-21 afirmou esta quinta-feira que as ausências de Gonçalo Guedes e Renato Sanches, ambos chamados por Fernando Santos à seleção AA, vão permitir que “outros demonstrem o seu valor”.

Os dois jovens atletas foram convocados para os confrontos decisivos com Andorra e Suíça, de apuramento para o Mundial 2018, razão pela qual não figuram entre os eleitos dos sub-21, que defrontam a Bósnia-Herzegovina, em Zenica.

Rui Jorge, que divulgou os eleitos para o jogo de apuramento para o Euro 2019, admitiu que os elementos da equipa técnica dos sub-21 estão “sempre preparados para estas situações” e que a ausência da dupla vai abrir espaço a outros dois jogadores.

Os jogadores sabem que esta é uma etapa em que estão próximos da parte de cima. Nós estamos em baixo e temos de estar preparados para isso. Será a sorte de outros dois jogadores. Sempre que isto acontece, é uma oportunidade para outros demonstrarem o seu valor neste espaço”, afirmou, em conferência de imprensa, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Após o triunfo sobre o País de Gales (2-0), no primeiro encontro de qualificação, Portugal terá pela frente a Bósnia-Herzegovina e Rui Jorge mostrou-se confiante num triunfo, apesar das dificuldades esperadas.

A Bósnia atua num sistema de 4x2x3x1 ou num 4x4x2 clássico. É um jogo fora, em que haverá dificuldades, mas, se tivermos ao nosso melhor nível, temos capacidade para vencer”, frisou.

Portugal, que está inserido no Grupo 8 de qualificação para o Campeonato da Europa de 2019, defronta a Bósnia-Herzegovina, no dia 10 de outubro, em Zenica.

Lista dos 23 convocados:

  • Guarda-redes: Diogo Costa (FC Porto), Joel Pereira (Manchester United, Ing) e Pedro Silva (Sporting).
  • Defesas: Fernando Fonseca (Estoril-Praia), Ferro (Benfica), Ivanildo Fernandes (Sporting), Jorge Fernandes (FC Porto), Diogo Dalot (FC Porto), Pedro Amaral (Benfica), Rúben Dias (Benfica) e Yuri Ribeiro (Rio Ave).
  • Médios: Xadas (Sporting de Braga), João Carvalho (Benfica), João Félix (Benfica), João Gamboa (Marítimo), Pedro Rodrigues (Estoril-Praia), Pedro Delgado (Sporting), Rafael Barbosa (Sporting) e Rúben Neves (Wolverhampton, Ing).
  • Avançados: Alexandre Silva (Vitória de Guimarães), Diogo Gonçalves (Benfica), Diogo Jota (Wolverhampton) e Gil Dias (Fiorentina, Ita).