No meio da estrada, à beira de um rio ou entre pinheiros, o fotógrafo britânico Denis Cherim sabe onde encontrar aquelas coincidências das paisagens que nos deixam maravilhados. Ao fim de longos anos a recolher exemplos de como a natureza e a vida urbana podem cruzar-se surgiu o “Projeto da Coincidência”. Tudo o que faz, explica ele ao Bored Panda, é encontrar aqueles elementos que coincidem tão bem na paisagem que até parecem feitos de propósito. Mas não são. É só uma questão de sorte.

De acordo com a explicação do artista, tudo o que Denis Cherim precisa é de um olho de lince: compreende as composições dos objetos, tenta captar as luzes perfeitas, procura os ângulos corretos e a coincidência nasce no lugar da sombra de uma árvore que coincide com a copa de outra, de um avião que parece saído de uma estátua ou de um horizonte que parece recaído numa grade. Veja 20 das imagens encontradas por Denis Cherim.