A dificuldade de Madonna em encontrar casa em Lisboa foi motivo de várias notícias. A artista que está em Portugal desde agosto do ano passado passou meses à procura de casa e, enquanto o fazia, estava hospedada no Pestana Palace, em Alcântara. Ano novo, vida nova: ao que o Observador conseguiu apurar, a cantora norte-americana está de saída daquele hotel e o processo de mudança está a decorrer. A pergunta que se segue é, então, para onde é que Madonna vai viver?

Ao longo das últimas 24 horas foram muitos os meios de comunicação que escreveram que a artista vai viver para o Palácio do Ramalhete, na Rua das Janelas Verdes, em Lisboa. Os primeiros relatos da nova morada da artista surgiram em dezembro — à data, o Observador contactou o hotel que nos garantiu estar fechado para obras, tendo desmentido qualquer relação com a artista. O hotel encontra-se com lotação esgotada durante todo o ano de 2018.

O Palácio do Ramalhete é um exemplo da arquitetura portuguesa do século XVIII. A CNN chegou a escrever que o hotel “grita autenticidade lisboeta”, descrevendo-o como um lugar onde os amantes da literatura prestam homenagem à obra “Os Maias” de Eça de Queirós, já que este poderá ter sido o Ramalhete descrito no livro.

Os 12 quartos (suites incluídas) são todos diferentes uns dos outros, com um deles a ocupar o que em tempos foi a cozinha da casa — o chão em pedra e a lareira encostada a um canto ainda estão por lá. O boutique hotel, que também já foi considerado pelo britânico The Times um dos 20 mais sexy da Europa, é dotado de uma piscina exterior e de um jardim longe de olhares alheios. O hotel está, inclusive, numa zona calma da cidade.