O ator Jeffrey Tambor já não vai participar na quinta temporada da comédia dramática da Amazon “Transparent”, depois de em novembro ter sido acusado de assédio sexual por uma das atrizes do elenco. Na série, Tambor interpreta a personagem principal, a matriarca transgénero Maura Pfefferman, papel pelo qual já lhe deu dois Emmys e um Globo de Ouro.

A decisão de dispensar Jeffrey Tambor foi confirmada esta quinta-feira pela Amazon, escreve o jornal britânico The Guardian, depois de Trace Lysette, que dá vida à personagem Shea na série, ter denunciado o colega. Em novembro, quando o fenómeno Harvey Weinstein estava no auge, com o produtor norte-americano a cair em desgraça devido às dezenas de acusações de assédio sexual, a atriz escreveu na sua conta de Twitter que Jeffrey Tambor aproximou-se, colocou os pés descalços sobre os dela, para que a atriz não se conseguisse mexer, e inclinou o corpo contra o dela.

Começou a fazer movimentos rápidos e discretos, para trás e para a frente, contra o meu corpo. Senti o pénis dele nas minhas coxas através do seu fino pijama”, escreveu num longo comunicado acompanhado da hashtag do momento, #MeToo.

Esta quinta-feira, meses depois da acusação via Twitter, a criadora da série, Jill Soloway, elogiou o facto de Lysette ter vindo a público e disse que ia tomar “medidas definitivas” para garantir “a segurança e a dignidade” do elenco da série. A investigação realizada a propósito das denúncias contra Tambor, que não se limitam às acusações feitas pela atriz Trace Lysette, levou ao afastamento definitivo e oficial do ator.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

De acordo com o site Deadline, nenhuma descoberta foi publicitada, mas diferentes fontes consultadas por aquela publicação garantem que o comportamento de Tambor “não pode ser justificado ou desculpado sob escrutínio”. Tambor afirmou que a investigação interna da Amazon teve “falhas profundas”, sendo que em novembro já se tinha referido a uma “atmosfera tóxica e politizada que parece ter afetado o nosso set”. Citado pelo The Guardian, Jeffrey Tambor diz-se “profundamente desiludido” com a forma como a Amazon lidou com “as falsas acusações”. “Fico ainda mais desiludido com a injusta caracterização que Jill Soloway fez de mim”.

A série que estreou no pequeno ecrã em 2014 tem prevista uma quinta temporada, já sem o seu protagonista, e não é claro se esta trará consigo o final da história.