Lançamentos

Edição portuguesa do novo livro de George R.R. Martin chega a 23 de novembro

188

A tradução portuguesa de "Sangue & Fogo — A História dos Reis Targaryen" vai chegar às livrarias três dias depois do lançamento mundial. Trata-se do primeiro volume da história da Casa Targaryen.

O manuscrito original de "Sangue & Fogo" tem 998 páginas, revelou Martin

Getty Images for IMDb

A edição portuguesa da primeira parte de Sangue & Fogo — A História dos Reis Targaryen, o novo livro de George R.R. Martin, autor de A Guerra dos Tronos, vai chegar às livrarias no dia 23 de novembro, três dias depois do lançamento mundial, no dia 20. Ao contrário da versão em inglês, a portuguesa será dividida em duas partes, com a primeira a sair neste mês.

A data de lançamento de Sangue & Fogo — a história completa da Casa Targaryen, a única família de senhores dos dragões a sobreviver à Perdição de Valíria — foi anunciada pelo próprio Martin em abril deste ano, cerca de um ano depois de o escritor ter revelado que a quantidade de material sobre os Targaryens era tal que ia publicá-lo em dois volumes.

A edição portuguesa de Sangue & Fogo chega às livrarias a 23 de novembro. Custa 18,80€

Segundo o autor norte-americano explicou na altura, Sangue & Fogo não é um romance como A Guerra dos Tronos, mas uma “história imaginária” da casa, desde a sua fundação, com Aegon I, o Conquistador, até Daenerys. Este primeiro volume termina com a regência de Rhaenyra, a mãe de Aegon III, sendo que o resto da história ficará para uma segunda parte, ainda sem data de lançamento. Este primeiro livro tem 704 páginas, e ilustrações a preto e branco da autoria de Doug Wheatley. George R.R. Martin revelou que o manuscrito tem, ao todo, perto de mil páginas.

Em Portugal, a Saída de Emergência, responsável pela publicação das obras de Martin, decidiu publicar o livro em duas partes. A primeira, com 352 páginas, é que sai no final deste mês de setembro, com tradução de Jorge Candeias. Esta inclui as ilustrações de Wheatley.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rcipriano@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)