O Ministério da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Cuba confirmou a queda de um meteorito na zona oeste da ilha, na sexta-feira, que se desintegrou em numerosos fragmentos dispersos pela província de Pinar del Río.

A queda do meteorito foi observada por sete estações meteorológicas em Pinar del Río, durante dez minutos.

O meteorito deixou um rasto, uma espécie de uma bola de fogo que sulcou o céu, registando-se posteriormente uma forte explosão, de acordo com um comunicado das autoridades. O fenómeno foi registado em vários vídeos amadores, publicados na Internet e replicados por várias televisões locais.

O episódio ocorreu no município de Vinales, de acordo com a análise realizada por especialistas do Ministério, do Instituto de Geofísica e Astronomia e de outras instituições científicas.

O meteorito julga-se ser do tipo pétreo, com uma liga de ferro e níquel, possuindo também uma grande quantidade de silicato de magnésio.

Os fragmentos atingiram as cidades de Los Jazmines, Dos Hermanas, El Guajaní, perto da cidade turística de Vinales e El Palmarito, onde se encontrou o maior fragmento, com cerca de 11 centímetros de comprimento, que deixou uma pequena cratera no solo. Nas redes sociais, várias pessoas partilharam fotos desses pequenos pedaços. As que vê abaixo foram publicadas pelo correspondente da CNN em Cuba.

Os especialistas recolheram amostras que vão ser submetidas a testes químicos, para se perceber maior precisão este fenómeno que, apesar de ser incomum, não é a primeira vez que acontece na ilha.