Oito montanhistas morreram em maio enquanto subiam os Himalaias. Mas deixaram um testemunho. A 5.800 metros de altura e enterrada na neve, uma equipa de resgate encontrou uma câmara de filmar GoPro que pertencia ao grupo. E, nas palavras de quem as recuperou, as imagens são “deslumbrantes”.

A guarda fronteiriça indo-tibetana (ITBP) — que estava a fazer buscas na zona onde os corpos de sete dos montanhistas foram encontrados em junho — anunciou a descoberta da GoPro na segunda-feira, noticia a BBC. As imagens foram depois publicadas pela equipa no Twitter: o vídeo tem menos de dois minutos e mostra o grupo a deslocar-se muito lentamente na neve da montanha Nanda Devi — a segunda mais alta da Índia. Não se ouvem vozes, apenas o vento.

“Últimas imagens da equipa de montanhistas perto do topo de um cume desconhecido no lado este da Nanda Devi”, descreveu no Twitter a força policial que encontrou a GoPro.

O grupo de oito montanhistas — quatro britânicos, dois norte-americanos, uma australiana e um indiano — desapareceu a 26 de maio na sequência de uma avalanche. Sete corpos foram encontrados um mês depois, enquanto um dos britânicos continua desaparecido.

Encontrados os corpos de sete alpinistas desaparecidos nos Himalaias

O vídeo está agora a ser analisado para concluir “o que correu mal na missão” da equipa, explica o porta-voz da ITBP, Vivek Kumar Pandey.

Esta GoPro foi como a caixa negra de um avião, ao dar-nos informação sobre os últimos momentos dos montanhistas. Para nós, foi deslumbrante ver as imagens”, comentou também um inspetor da polícia.