A Fiat Chrysler e PSA Peugeot anunciaram esta quarta-feira a sua fusão e a nomeação do português Carlos Tavares como CEO da nova empresa, constituindo-se como o quarto maior fabricante de automóveis, com vendas de 8,7 milhões.

A Fiat Chrysler Automobiles e a PSA Peugeot referem que os seus conselhos de administração assinaram um acordo vinculativo para fundir os dois fabricantes de automóveis, com participações de 50 por cento de cada uma das companhias. Numa declaração conjunta, as empresas informaram os mercados que o novo grupo será liderado pelo CEO da PSA, Carlos Tavares, cabendo o cargo de chairman ao presidente da Fiat Chrysler, John Elkann.

As empresas consideram que fusão vai posicionar a nova empresa para “aproveitar com sucesso as oportunidades apresentadas na nova era da mobilidade sustentável”.