O número três mundial, Roger Federer, venceu esta terça-feira o 100.º do ranking ATP, Tennys Sandgren, em cinco sets e qualificou-se para as meias finais do Open da Austrália pela 15.ª vez.

O suíço, que foi obrigado a pedir um intervalo médico para ser assistido fora do campo, quando decorria o terceiro set, esteve muito perto de ser afastado no quarto set, conseguindo salvar sete match points, acabando por derrotar o norte-americano por 6-3, 2-6, 2-6, 7-6 (8) e 6-3.

Federer, de 38 anos, vai agora enfrentar Novak Djokovic, o número dois mundial, ou Milos Raonic, número 32 do ranking ATP.