Foram os primeiros a entrar em cena, ainda antes das versões de estrada e de maior produção, mas destacaram-se de imediato pela sua imponência. Tanto o Leon Competición como o e-Racer estão destinados a participar em campeonatos de turismo, sendo que o segundo já tem a estreia marcada para o novo PURE E-TCR, de automóveis eléctricos, que chegará às pistas em 2021. No seu desenvolvimento estiveram presentes Jordi Gené e Mattias Ekström, que serão os dois pilotos oficiais da marca neste novo campeonato.

O novo Cupra e-Racer conta com quatro motores elétricos e apenas uma relação, mas apresenta números incríveis como a potência combinada de 680 cv e um binário máximo de 960 Nm. O conjunto de baterias de 65 kWh conta com um sistema de refrigeração líquida e da lista de prestações disponível destacamos os 270 km/h de velocidade máxima e os 3,2 segundos que precisa para acelerar dos 0 aos 100 km/h.

A aerodinâmica foi ajustada face às características deste modelo, com para-choques específicos e um novo capot. A grelha dianteira foi dispensada e as novas cavas das rodas de tamanho mais generoso têm um desenho específico, destinado a melhorar a aerodinâmica e a força descendente do Cupra e-Racer. Para complementar todo o conjunto, não poderia faltar uma imponente asa traseira, dando ainda mais destaque às linhas do novo Leon, com um sistema de iluminação totalmente em LED, mas também com a presença do logo da Cupra (onde estamos mais habituados a ver o da Seat).

12 fotos

O mesmo acontece com o Cupra Leon Competición destinado aos campeonatos de resistência ou TCR. Conta com um visual igualmente imponente e trabalhado para oferecer a menor resistência aerodinâmica e mais força descendente, mas já se encontra num patamar mais tradicional, uma vez que está equipado com um convencional motor de combustão. Ou seja, neste modelo, ainda podemos contar com uma grelha dianteira aberta e com um sistema de escape, para ajudar o motor de dois litros a obter o melhor desempenho possível.

O motor a gasolina 2.0 TFSI de quatro cilindros, sobrealimentado, oferece uma potência máxima de 340 cv às 6800 rpm e um binário máximo de 410 Nm, disponível em quase toda a sua gama de rotações. Está ligado a uma caixa de velocidades sequencial Hewland de seis relações e consegue alcançar os 100 km/h em apenas 4,5 segundos. A velocidade máxima declarada é de 260 km/h.

As pré-encomendas online deste modelo começaram no final do ano passado e, segundo a Cupra, trata-se da primeira vez que um modelo de competição pode ser disponibilizado desta forma. Todos os automóveis adquiridos desta forma serão entregues exclusivamente nas novas instalações da Cupra em Abril.