Os primeiros dois capítulos de The Ickabog, a nova história infantil de J.K. Rowling, tiveram cinco milhões de visualizações nas primeiras 24 horas e foram lidos por utilizadores oriundos de 50 países, revelaram os representantes da autora de Harry Potter, citados pela revista The Bookseller.

A primeira parte do conto, que não está relacionado com o universo do jovem feiticeiro, foi publicada online de forma gratuita nesta terça-feira. Desde então, já foram disponibilizados outros seis capítulos, três dos quais esta quinta-feira.

Rowling escreveu o primeiro rascunho de The Ickabog há cerca de dez anos para os filhos e tencionava publicar o “conto de fadas” depois de sair o sétimo volume da saga Harry Potter, mas acabou por se envolver noutros projetos, nomeadamente nos romances que assina com o pseudónimo Robert Galbraith) e adiar a publicação.

Depois de muitos anos guardado no sótão, voltou a pegar no manuscrito e, depois de revisto, começou a disponibizá-lo gratuitamente num site próprio esta terça-feira, para que as crianças que estão em confinamento posso lê-la. Ao mesmo tempo, foi lançado um concurso de ilustração do conto, que conta já com 248 participações segundo a The Bookseller, que a escritora tem vindo a partilhar na sua conta no Twitter.

Todas as semanas serão publicados novos capítulos (34 ao todo) até dia 10 de julho. O conto será depois publicado em livro em novembro, com os lucros a reverterem para organizações e projetos afetados pela pandemia do novo coronavírus. Em Portugal, a Editorial Presença, responsável por publicar as obras de J.K. Rowling, confirmou ao Observador que está “a avaliar a publicação deste novo livro”.