Se o Mini é encarado como uma espécie de brinquedo, pelas suas formas compactas e revivalistas, a versão John Cooper Works GP tem o condão de alimentar os suspiros dos amantes de emoções fortes ao volante, pois não só foi disponibilizada numa edição limitada a apenas 3000 unidades (numeradas) para todo o mundo, como tem a seu favor o facto de esconder sob o capot  um motor de 2.0 litros com a última geração da tecnologia Mini TwinPower Turbo.

Trata-se do mesmo bloco que anima o JCW convencional, mas aqui trabalhado para incrementar a potência. A pressão do turbo foi aumentada, incrementando a quantidade de ar que entra no motor, e foi montado um sistema de escape mais directo com uma sonoridade que remete de imediato para os carros de competição. Em resultado destas e de outras alterações, a potência passou dos 231 cv para 306 cv, o que impele o desportivo britânico até aos 265 km/h de velocidade máxima, depois de passar pela barreira dos 0 a 100 km/h em somente 5,1 segundos.

Mini John Cooper Works faz 8.03 em Nürburgring. Mas já fez melhor

Ora, entusiasmado pelas prestações anunciadas, o youtuber Pog não resistiu a pôr à prova o seu John Cooper Works GP, pese embora não lhe faltem “brinquedos” na sua garagem. O problema é que estava confinado e tanto assim era que recebeu o carro como deve ser em período de pandemia: em casa, devidamente “embrulhado”, qual presente de aniversário.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

14 fotos

O que seguiu foi uma demonstração do “não faça isto em casa”. Limitado pelas restrições à circulação, o homem entendeu que o jardim à volta de casa oferecia terreno para desbravar o potencial do seu novo Mini. Entendendo como um desafio o silêncio do boneco de dedo em riste que tinha a seu lado e que estava devidamente protegido por um capacete à escala, numerado e assinado por Mike Cooper – foi uma oferta “simbólica” da marca – , Pog tratou de se ir equipar para pôr à prova os dotes do carro e os seus enquanto piloto à porta de casa. E tudo corria lindamente até ao momento em que correu mal. Entretido a tirar os melhores tempos por volta, numa delas… capotou (vídeo ao minuto 9.27)!

Resultado: o youtuber ficou bem, o Mini nem por isso. Entre riscos, retrovisores partidos, tejadilho amolgado e outras sevícias, este John Cooper Works GP ficou com um visual diferente com apenas 23 km percorridos.

De referir que, em Portugal, foram disponibilizadas apenas 37 unidades do pequeno desportivo inglês (“Versão Road”), cada uma a custar 52.525€. O lote para o mercado nacional esgotou no final de Maio.