O traçado de Nürburgring é a pista onde os desportivos vão medir meças, pelo que é natural que também as publicações germânicas ali levem os modelos para avaliar o seu potencial. A Mini disponibilizou recentemente a sua versão mais assanhada, com um motor potente e um chassi regulado para a máxima eficácia, pelo que não é de estranhar que tenha sido esta a escolha da Sport Auto alemã.

Honda Civic Type R é de novo “O Senhor do Anel”

O Mini John Cooper Works GP, ou JCW GP, está equipado com um motor 2.0 turbo, com quatro cilindros e capaz de debitar 306 cv. A esta mecânica o pequeno desportivo britânico alia uma caixa automática convencional com oito velocidades, com conversor de binário. Mas são as pequenas dimensões do Mini que lhe poderão dar alguma vantagem, pois, com apenas 3,88 metros de comprimento, está longe dos seus rivais para a melhor volta no circuito alemão, do VW Golf R ao Honda Civic Type R (7.43,80) e, mais recentemente, o Mégane RS Trophy-R, o actual detentor do recorde com 7 minutos e 40,10 segundos.

Mégane RS Trophy-R destrona Honda Civic Type R

Nas mãos do piloto da Sport Auto, o JCW GP alcançou uma volta em 8.03,86, um bom registo mas muito longe dos seus rivais, alguns deles menos possantes por possuírem menos cilindrada, como é o caso do Renault. Mas, segundo os alemães, quando a Mini esteve no mítico traçado germânico a proceder às últimas afinações no desportivo, o JCW GP chegou a percorrer uma volta em 7.56,69, que nunca foi confirmada por uma entidade independente. Ainda assim, 16 segundos por volta pior que o Trophy-R.