Dias depois de se saber que o Megxit terá o seu desfecho, com Harry e Meghan a abandonarem definitivamente as posições de membros ativos da família real, Isabel II anuncia uma aparição televisiva para o mesmo dia em que a entrevista dos Sussex a Oprah Winfrey vai para o ar na norte-americana CBS.

A emissão faz parte das comemorações do Dia da Commonwealth e, ao lado da monarca, estarão os seus dois sucessores mais imediatos, o príncipe Carlos e o príncipe William. A data é normalmente assinalada a 8 de março. Contudo, a pandemia ditou o cancelamento das cerimónias anuais na Abadia de Westminster, em Londres — algo que acontece pela primeira vez em quase 50 anos. Em substituição, a rainha falará à nação na véspera. A mensagem será transmitida nesse domingo, pela BBC One.

Mas os planos reais vão muito além de um curto discurso de sua majestade. Será também exibido um programa pré-gravado, conduzido pela apresentadora Anita Rani e que contará com a presença de Carlos e Camilla, William e Kate, e ainda a condessa de Wessex, mulher do príncipe Eduardo. A iniciativa é agora encarada como uma forma de reafirmar a unidade dentro da família real, um ano depois de Harry e Meghan terem dado o primeiro passo rumo a uma vida longe dos Windsor.

No mesmo dia, horas depois, serão os Sussex a preencher o horário nobre com a aguardada entrevista a Oprah Winfrey, amiga pessoal da duquesa. Marcada para as oito da noite (à uma da manhã de segunda-feira, no Reino Unido), sabe-se agora que a conversa de 90 minutos terá sido reeditada ou mesmo parcialmente regravada devido à reação que obteve no seio da família real e na sequência da hospitalização do duque de Edimburgo, de 99 anos, na passada terça-feira. William veio, entretanto, confirmar, esta segunda-feira, que o avô se encontra “OK”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Muito se especula sobre a reação de Harry e Meghan à decisão da rainha de lhes retirar títulos e patrocínios. Espera-se, por isso, que a entrevista possa transparecer a posição do casal perante o desfecho do Megxit. Entre os temas em cima da mesa estará ainda a gravidez recentemente anunciada, a chegada de Meghan à família real e o afastamento das responsabilidades reais.

Continua sem se saber, no entanto, quando e em que canal, a entrevista — previamente gravada na casa dos Sussex em Los Angeles — será emitida no Reino Unido.