Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A NASA publicou uma fotografia que mostra um “mar de dunas escuras” formadas pela ação do vento e que rodeia a calota polar de Marte, para comemorar os 20 anos do lançamento da sonda Mars Odyssey.

A fotografia foi conseguida através da combinação de várias imagens tiradas entre dezembro de 2002 e novembro de 2004 pela Mars Odyssey, a sonda que está há mais tempo no planeta. As áreas mais a azul representam as temperaturas mais frias, enquanto as zonas mais quentes são registadas em amarelo e laranja. Este efeito, juntamente com a luz do sol, faz com que as dunas escuras acabem por transparecer uma cor dourada.

Lançada a 7 de abril de 2001, a sonda Mars Odyssey tem como objetivos mapear e localizar água em forma de gelo no planeta, estudar as luas de Marte e avaliar as zonas de aterragem — servindo como elo com outras sondas. E também averigua qual é a melhor localização no planeta para, no futuro, uma nave com humanos consiga aterrar com segurança.

O nome da sonda foi atribuído após o filme de ficção científica de 1968, “2001: uma odisseia no espaço” de Arthur C. Clarke, que acabou mesmo por saudar a missão.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR