O botão de pausa soltou-se no que diz respeito aos eventos, que agora voltam em força depois de um 2020 atípico de interrupções inesperadas. A gala dos Globos de Ouro da SIC é exemplo disso — depois de um ano de pausa regressou este domingo para a sua 25.ª edição, apresentada pela pivot Clara de Sousa, um dos rostos mais consensuais da estação de Carnaxide.

Este ano, apesar do formato presencial e de terem sido levantadas as regras de lotação, a estação decidiu manter algumas restrições para garantir a segurança do evento e a tradicional passadeira vermelha estendida à porta do Coliseu não aconteceu. Os convidados e nomeados aos Globos de Ouro passaram antes pelo átrio da sala de espetáculos de forma compassada para mostrar os modelitos da noite.

Sem contar com os tuxedos dos senhores, o preto foi a cor dominante nesta gala com criações que tanto tiveram de surpreendentes como de aborrecidas. Bárbara Lourenço, Liliana Campos, Mariana Pacheco, Cecília Henriques, Vera Kolodzig, Joana Santos, Paula Lobo Antunes, Sofia Arruda ou Irma foram apenas algumas das que optaram pela máxima (adaptada): “com preto, nunca me comprometo”. Houve quem combinasse o preto com o branco, como foi o caso de Cláudia Vieira, Dalila do Carmo, Carolina Patrocínio, Luciana Abreu ou Diana Chaves.

Foram poucas os que arriscaram nas cores berrantes, mas entre as corajosas estiveram a atriz Isabela Valadeiro, com um vestido amarelo de cauda, a realizadora Ana Rocha de Sousa, com um volumoso vestido verde-relva, a apresentadora Cláudia Borges, com uma criação Pronovias alaranjada, e Raquel Strada, que usou um conjunto vermelho com calças roxas assinado por Luís Carvalho.

Vencedores:

CINEMA

Melhor atriz 
Lúcia Moniz – “Listen”

Melhor ator
Albano Jerónimo – “A Herdade”

Melhor filme
“A Herdade” – Tiago Guedes

Prémio Especial 25 anos de Cinema
Teresa Vilaverde

ENTRETENIMENTO

Personalidade do Ano
João Baião

Personalidade do Ano Digital
Bruno Nogueira

Prémio Especial 25 anos de Entretenimento
Fernando Mendes

MODA

Personalidade do ano
Luís Carvalho

Prémio Especial 25 anos de Moda
Eduarda Abbondanza

FICÇÃO

Melhor atriz
Maria João Abreu

Melhor ator
Ricardo Pereira – “Amor Amor”

Melhor Projeto
“Esperança”

Prémio Especial 25 anos de Ficção
Maria João Luís

Prémio Revelação
Carolina Carvalho

Prémio Especial 25 anos – Revelação
Filomena Cautela

TEATRO

Melhor atriz 
Bárbara Branco – “Bruscamente no Verão Passado”

Melhor ator
Cláudio da Silva – “Se Isto é Um Homem”

Melhor peça/espetáculo
“A Vida Vai Engolir-vos” – Tónan Quito

Prémio Especial 25 anos de Teatro
Rui Mendes

HUMOR

Personalidade do Ano
Ricardo Araújo Pereira

Prémio Especial 25 anos de Humor
César Mourão

MÚSICA

Melhor intérprete 
Bárbara Tinoco

Melhor atuação
Carlos do Carmo – Coliseu dos Recreios, novembro de 2019

Melhor música
“Por Um Triz” – Carolina Deslandes

Prémio Especial 25 anos de Música
GNR

Prémio Mérito e Excelência

Vice-almirante Gouveia e Melo

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR