Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Kanye West mudou de nome e agora chama-se apenas Ye. O pedido feito pelo artista no passado mês de agosto para mudar legalmente o nome de Kanye Omari West para Ye, sem nome do meio ou apelido, foi concedido na passada segunda-feira por uma juíza de Los Angeles. Segundo a Associated Press, a juíza Michelle Williams escreveu nos documentos do tribunal que “não havendo objeções, a petição para mudança de nome é concedida”. O pedido foi feito a 24 de agosto, argumentando “razões pessoais”.

Ye é um nome já conhecido do público, uma vez que é o nome do oitavo álbum do rapper, lançado em junho de 2018. Além disso, este é um nome que Kanye West já adotou nas redes sociais, nomeadamente no Twitter, onde alguns meses depois do lançamento do referido álbum revelou que queria mudar de nome, como se pode ler no tweet: “o ser formalmente conhecido como Kanye West. Eu sou YE.” O site oficial do músico continua sob o nome Kanye West.

Segundo a BBC, o artista vê o nome Ye não apenas como um diminutivo de Kanye, mas também como uma palavra com significado religioso. O artigo cita Kanye West a explicar esta associação numa entrevista de rádio em 2018:  “Eu acredito que ‘ye’ é a palavra mais usada na Bíblia, e na Bíblia significa ‘tu’. Portanto eu sou tu, eu sou nós.”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Kanye West tem 44 anos, casou-se com Kim Kardashian a 24 de maio de 2014 e têm quatro filhos, North (nascida em 2013), Saint (nascido em 2015), Chicago (nascida em 2018) e Psalm (nascido em 2019). Depois de rumores de separação, Kim pediu o divórcio em fevereiro deste ano e o processo está a decorrer. Segundo a mesma notícia da Associated Press, Kim não pediu para mudar o seu apelido de casada e os filhos do casal mantêm o apelido West.