A confiança de Sara Sampaio

A modelo portuguesa já tinha confessado que iria desfilar com uma das suas peças favoritas de sempre mas superou as expetativas ao desfilar ao encerrar a secção “Dark Angels” com par de asas azuis que (quase) levantaram voo, tal era o seu passo confiante, firme e sensual, ao som de The Weeknd.

Getty Images for Victoria’s Secret

A segunda vez de Gigi Hadid

Ao lado de Kendall Jenner, Gigi Hadid voltou a marcar presença no Victoria’s Secret Fashion Show. Desta vez, a modelo teve também o apoio da irmã mais nova, Bella Hadid, e da mãe Yolanda Hadid que aplaudiu efusivamente da plateia. O próximo passo é conquistar as cobiçadas asas e ser eleita um anjo.

Getty Images for Victoria’s Secret

O dragão de Elsa Hosk

Coube ao anjo Hosk o privilégio de abrir o maior desfile na história da Victoria’s Secret. Na falta de asas, a modelo usou um enorme dragão chinês enrolado à volta do corpo. “Foi uma honra incrível e eu estava tão nervosa”, confessou nos bastidores.

AFP/Getty Images

Os cristais Swarovski de Josephine Skriver

A última modelo da Victoria’s Secret a ser promovida a “anjo” teve a honra de deslumbrar a plateia com o look Swarovski ao som de “24K Magic” de Bruno Mars. O par de asas mais luxuoso de todo o desfile graças aos cristais embutidos na criação.

AFP/Getty Images

O encontro de Bella Hadid com The Weeknd

O antigo casal dividiu, pela primeira vez, a passerelle desde o fim do namoro. The Weeknd apresentou o seu novo álbum “Starboy” ao mesmo tempo que a ex-namorada Bella Hadid se estreou na passerelle parisiense com umas asas de plumas (e lhe retribuiu um olhar por cima do ombro).

Getty Images for Victoria’s Secret

O “Fantasy Bra” de Jasmine Tookes

A modelo de 25 anos foi escolhida para desfilar com o sutiã de luxo “Fantasy Bra”, a maior honra do evento, e não escondeu o nervosismo. Composto por esmeraldas e diamantes, está avaliado em três milhões de dólares e foi desenhado por Eddie Borgo.

AFP/Getty Images

A coroa de asas de Taylor Hill

Na falta de um par de asas, o anjo Taylor Hill usou uma coroa azul bebé no segmento mais colorido do espetáculo. Esta foi a terceira vez que a modelo de 20 anos desfilou no Victoria’s Secret Fashion Show.

Getty Images for Swarovski

O regresso de Bruno Mars

Depois de anos afastado das luzes mediáticas, Bruno Mars regressou aos palcos para apresentar dois temas no Victoria’s Secret Fashion Show com um longo casaco de pelo e botas Christian Loubotin. “24K Magic” e “Chunky” foram as novas músicas escolhidas.

Getty Images for Victoria’s Secret

O nervosismo de Maria Borges

Em 2015, a manequim angolana fez história ao ser a primeira modelo a desfilar com o seu cabelo afro. Em 2016, repetiu o feito mas nem por isso sentiu menos ansiedade. Nos bastidores, a modelo abraçou os nervos e foi filmada a rezar momentos antes pisar a passerelle parisiense com umas enormes asas africanas.

Getty Images for Victoria’s Secret

A estreia de Alanna Arrington

Depois de pisar as quatro semanas de moda mais importantes do mundo, chegou a vez da modelo de 18 anos desfilar para a famosa marca de lingerie. Alanna Arrington soltou a sua personalidade divertida e estreou-se numa secção do desfile à sua altura: a “Pink Nation”.

Getty Images for Victoria’s Secret

A sensualidade de Adriana Lima

A modelo brasileira é considerada o anjo da Victoria’s Secret mais bem pago e, a cada desfile da marca, é fácil perceber porquê. Adriana Lima tem uma presença em passerelle muito forte e coube-lhe a função de liderar o palco no encerramento do espetáculo.

Getty Images for Victoria’s Secret

A gravidez de Irina Shayk

A modelo russa até pode ter sido uma das modelos que menos interagiu com o público mas o seu estado de graça roubou todas as atenções. Irina Shayk estreou-se no desfile anual da marca de lingerie com uma gabardina em cetim (e um cinto de ligas em renda) que ocultava parcialmente a barriga proeminente.

Getty Images for Victoria’s Secret

As enormes asas de Joan Smalls

Joan Smalls honrou com confiança e sensualidade a honra de vestir as asas mais compridas na história do desfile anual da Victoria’s Secret. Com um conjunto transparente de renda preta, a modelo de 28 anos vestiu-se de anjo negro para a coleção apelidada “Dark Angels”.

Getty Images for Victoria’s Secret

A coleção “Pink Nation”

A cargo de Nicola Formichetti, da marca Nicopanda, ficou a linha mais jovem da marca conhecida como “Pink”. Logo, não será de estranhar que não tenha faltado cor-de-rosa, pompons e acessórios à coleção apresentada na passada quarta-feira em Paris.

AFP/Getty Images

A atuação de Lady Gaga

A energia da cantora norte-americana conquistou a plateia (e anjos) que cantaram efusivamente a sua nova música “Million Reasons”. Para além de apresentar o novo álbum chamado Joanne, Lady Gaga ainda desfilou com um excêntrico par de asas brancas no fim do espetáculo.

Getty Images for Victoria’s Secret