A modelo brasileira Valentina Sampaio anunciou na quinta-feira que vai aparecer no catálogo da linha Pink da Victoria’s Secret. Torna-se, assim, a primeira transgénero a trabalhar para a marca de lingerie.

“Um sonho realizado e que representa muito”, escreveu nas redes sociais a modelo de 22 anos.

Mas esta não é a primeira vez que Valetina Sampaio “quebra barreiras”. A modelo já tinha tornado na primeira transgénero a fazer a capa da “Vogue” Paris e a primeira transgénero a ser modelo da L’Oréal Paris — com apenas 19 anos. Valentina Sampaio conta também com alguns trabalhos em televisão e cinema.

A sessão para a linha Pink aconteceu em junho, em Nova Iorque, e a notícia surge num momento delicado para a Victoria’s Secret: o icónico desfile da Victoria’s Secret Fashion Show foi cancelado. A notícia foi avançada pela modelo da marca norte-americana Shanina Shaik, em entrevista ao The Daily Telegraph. “Infelizmente, o desfile da Victoria’s Secret não vai realizar-se este ano”, divulgou a australiana.

A marca já tinha dito em maio que não ia transmitir o desfile na televisão. “Temos de evoluir e mudar para crescer. Assim, decidimos repensar o tradicional Victoria’s Secret Fashion Show. Não acreditamos que a televisão se adeque”, explicou na altura a empresa.