Histórico de atualizações
  • Bom dia! Obrigado por ter acompanhado este liveblog. Para ler as notícias referentes à pandemia desta segunda-feira, siga este link:

    EUA atingem 4 milhões de casos só em novembro — quase um terço do total do país

  • Brasil registou menos infecções e menos mortos

    O Brasil registou este domingo 24.468 novas infeções por covid-19 e mais 272 mortes, segundo dados oficiais. De acordo com o boletim epidemiológico diário, divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil totaliza 6.314.740 casos de infeção, dos quais 172.833 mortos.

    Do total de infetados, 5.578.118 recuperaram e 563.789 estão sob acompanhamento médico. Comparativamente ao balanço de sábado, há uma diminuição no número de mortes (menos 315) e de casos confirmados de infeção (menos 27.454).

    Apesar do decréscimo do número de novas infeções e mortes, a taxa de incidência aumentou para 3.004,9 casos por 100 mil habitantes (no boletim de sábado era de 2.993 casos por 100 mil habitantes) e a taxa de mortalidade mantém-se nos 82 mortos por 100 mil habitantes.

    A pandemia da covid-19 provocou pelo menos 1.453.074 mortos resultantes de mais de 62,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência noticiosa francesa AFP.

  • Portugal vai receber 22 milhões de vacinas, idosos estão entre os grupos prioritários, diz Marques Mendes

    Comentador Luís Marques Mendes revelou dados sobre plano nacional de vacinação. Portugal vai receber 22 milhões doses, as primeiras em janeiro. Idosos estão entre grupos prioritários.

    Portugal vai receber 22 milhões de vacinas, idosos estão entre os grupos prioritários, diz Marques Mendes

  • Madeira com 12 novos casos de transmissão local

    A Madeira registou 12 novos casos de covid-19, todos de transmissão local, e 80 situações suspeitas, indicou a Direção Regional da Saúde. Total de infeções ativas no arquipélago é agora de 207.

    Madeira com 12 novos casos de transmissão local

  • Covid-19: Autocarros com horários alterados na Grande Lisboa na segunda e 7 de dezembro

    Os autocarros que servem a Área Metropolitana de Lisboa vão ter horários alterados na segunda-feira e em 7 de dezembro, dias em que o Governo decidiu dar tolerância de ponto por causa da pandemia.

    Covid-19: Autocarros com horários alterados na Grande Lisboa na segunda e 7 de dezembro

  • Multidão junta-se nas Festas Nicolinas em Guimarães, apesar de apelo em contrário da PSP e da autarquia

    A PSP pediu um “comportamento cívico e responsável” e a câmara pediu às pessoas para celebrarem nas “janelas e varandas das nossas casa”, mas ainda assim juntou-se multidão, alguns sem máscara.

    Multidão junta-se nas Festas Nicolinas em Guimarães, apesar de apelo em contrário da PSP e da autarquia

  • Milhares manifestam-se em Madrid contra construção de hospital de emergência e pedem mais meios humanos

    Milhares de pessoas marcharam em Madrid, em defesa do sistema público de saúde e contra a construção do novo hospital de emergência, considerando que a cidade precisa de mais meios humanos.

    Milhares manifestam-se em Madrid contra construção de hospital de emergência e pedem mais meios humanos

  • Torre de Moncorvo com surtos em lar e no agrupamento de escolas

    Lar de Mós em Torre de Moncorvo tem 19 infetados, dos quais 13 utentes. Na vila do distrito de Bragança foi também identificado um surto no agrupamento de escolas com oito casos.

    Torre de Moncorvo com surtos em lar e no agrupamento de escolas

  • Ministra da Defesa da Áustria tem Covid-19

    A ministra da Defesa da Áustria, Klaudia Tanner, testou positivo à Covid-19 este domingo. Um porta-voz da ministra informou que a ministra se encontra bem e em isolamento domiciliário, de onde estará em trabalho nos próximos 10 dias, pelo menos.

    O primeiro-ministro austríaco, Sebastian Kurz, publicou uma mensagem no Twitter de apoio à sua ministra. “Desejo à Ministra da Defesa Klaudia Tanner uma uma evolução suave da doença e espero que melhore rapidamente”, escreveu.

  • Angola anuncia número mais baixo de novos casos desde início de setembro

    Angola reportou 16 novos casos de covid-19, o número mais baixo desde 07 de setembro, mas que contabiliza apenas dados relativos a Luanda, e um morto, anunciaram as autoridades sanitárias.

    Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, as infeções foram diagnosticadas em Luanda, não tendo sido reportados dados das restantes 17 províncias.

    Nos 16 casos, as idades variam entre 1 e 68 anos, sendo 11 do sexo masculino e cinco do sexo feminino.

    Foi registado mais um óbito, um angolano de 57 anos, e não houve qualquer doente recuperado.

    Franco Mufinda aconselhou a população a permanecer em casa, tendo em vista a redução da propagação da doença. Em casos excecionais, como a necessidade de cuidados médicos, deverá ser procurada uma unidade de saúde.

    O secretário de Estado apelou ainda para que as crianças menores de 5 anos sejam vacinadas contra a pólio, durante a campanha de vacinação que vai decorrer entre 04 e 12 de dezembro em Luanda, Cuanza Norte e Cuanza Sul.

  • Nova Iorque reabre escolas públicas

    A cidade de Nova Iorque, que fechou as escolas públicas devido ao aumento dos casos de infeção com o novo coronavírus, anunciou este domingo que vai reabrir as escolas do ensino básico, a partir de 7 dezembro.

    As escolas tinham sido encerradas há menos de duas semanas, mas depois de receber duras críticas por mandar alunos para casa, enquanto as lojas ou restaurantes estavam abertos, o Conselho da Cidade de Nova Iorque retrocedeu e apresentou um novo plano para que o ensino possa voltar a parte dos seus estabelecimentos.

    A partir de 7 de dezembro, os alunos do ensino básico poderão regressar às aulas presenciais, enquanto os alunos dos níveis mais avançados continuarão com as aulas ‘online’.

    As crianças com deficiências graves também voltarão às escolas a partir de 10 de dezembro, anunciou o prefeito Bill de Blasio, em conferência de imprensa.

    A cidade de Nova Iorque tinha definido critérios rígidos de combate à pandemia, entre os quais o encerramento das escolas públicas e a transferência de todos os alunos para programas ‘online’, se a taxa de testes positivos na cidade chegasse a três por cento, um número menor do que decidido para o resto do Estado.

  • Anthony Fauci alerta para explosão de novos casos com viagens para celebrar feriado de Ação de Graças nos EUA

    O epidemiologista norte-americano Anthony Fauci alertou para um forte aumento do número de contaminações por covid-19, após o feriado de Ação de Graças, marcado pelo movimento de milhões de pessoas em todo o país.

    Dia de Ação de Graças (e milhões a viajarem) preocupa autoridades americanas que temem explosão de casos

    “Em duas ou três semanas, poderemos assistir a uma explosão de casos” de novas contaminações por coronavírus, alertou o diretor do instituto norte-americano de Alergias e Doenças Infeciosas, Anthony Fauci, em declarações ao canal de televisão ABC.

    Segundo a agência de notícias France-Presse (AFP), pelo menos 1,1 milhões de pessoas voaram para os Estados Unidos na véspera do feriado de Ação de Graças, um recorde desde que a pandemia chegou ao país em março, de acordo com dados da agência TSA, responsável pelas verificações de segurança nos aeroportos.

    “Este fim de semana, com todas aquelas viagens, é realmente preocupante para nós”, disse o secretário adjunto da Saúde, Brett Giroir, em declarações à CNN.

    “As hospitalizações estão, atualmente, a chegar a um pico de quase 95.000. Cerca de 20% dos pacientes nos hospitais têm covid-19, então é um momento muito perigoso”, acrescentou o responsável.

  • Covid-19: Empresários em greve de fome frente à AR só saem com solução “ou de ambulância”

    O grupo de nove empresários da restauração e discotecas que cumpre o terceiro dia de greve de fome garantiu que só sai quando o Governo apresentar uma solução, ou então “de ambulância”.

    Covid-19: Empresários em greve de fome frente à AR só saem com solução “ou de ambulância”

  • Covid-19: Surto em lar de Serpa com 13 utentes e três funcionários infetados

    Um novo surto de covid-19 foi detetado no lar da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, no distrito de Beja, com treze utentes e três funcionários infetados, revelou o presidente da câmara municipal.

    Covid-19: Surto em lar de Serpa com 13 utentes e três funcionários infetados

  • Reino Unido com mais 215 mortes

    O Reino Unido contabilizou mais 12.155 diagnósticos positivos e 215 mortes, mantendo a trajetória de descida da curva da pandemia de Covid-19.

    No sábado foram registados 15.871 casos e 479 mortes.

  • Itália, em queda, com mais de 20 mil novos casos

    Em Itália, a curva pandémica continua em queda, apesar de os números serem ainda altos. Nas últimas 24 horas, o país registou mais 20.648 novos contágios (26.315 na véspera) e 541 mortes (686 no sábado).

    Fonte: Worldmeter

  • Moderna e Reino Unido fecham novo acordo. No total país recebe 7 milhões de vacinas

    Há um novo compromisso entre o governo britânico e a empresa norte-americana de biotecnologia Moderna. Segundo comunicado de imprensa, a Moderna vai fornecer mais dois milhões de vacinas ao Reino Unido do que aquilo que estava inicialmente previsto.

    No total, o acordo vai em sete milhões de doses de vacinas. O anúncio foi feito no mesmo dia em que a empresa avançou que vai solicitar dentro de semanas autorização para uso de emergência do seu medicamento aos reguladores dos EUA.

  • Chile estabilizado, com perto de 1.500 novos casos

    Foram mais 1.489 novos contágios e 34 mortes que o Chile registou este domingo. Números totais, o país que tem a curva pandémica estabilizada soma 550.430 infetados (valor acumulado) e 15.356 mortos.

    “Os novos casos confirmados a nível nacional diminuíram 1% nos últimos 14 dias. Enquanto isso, oito regiões diminuíram os seus novos casos, nos últimos sete dias, e nove, nos últimos 14 dias”, explicou o ministro da Saúde do Chile, Enrique Paris.

  • Covid-19: Empresários em greve de fome frente à AR só saem com solução “ou de ambulância”

    O grupo de nove empresários da restauração e discotecas que cumpre o terceiro dia de greve de fome garantiu que só sai quando o Governo apresentar uma solução, ou então “de ambulância”.

    Covid-19: Empresários em greve de fome frente à AR só saem com solução “ou de ambulância”

  • Médicos e enfermeiros protestam em Madrid

    Cerca de 10 mil pessoas desfilaram este domingo nas ruas de Madrid para protestar contra a “política de tijolo e argamassa” do governo regional, segundo dados da organização.

    A maioria dos manifestantes são médicos e enfermeiros, escreve a imprensa espanhola. O protesto em defesa da saúde pública pretende também mostrar a indignação dos profissionais do setor com “a gestão caótica e imprudente da saúde do Governo de Isabel Díaz Ayuso”, escreve o El País.

    Public Health Demonstration In Madrid

    Protesto juntou milhares de manifestantes

    Public Health Demonstration In Madrid

    Profissionais de saúde desfilaram nas ruas de Madrid

    Public Health Demonstration In Madrid

    Manifestantes rejeitam “política de tijolo e argamassa” na saúde do governo regional

1 de 2