477kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

António Cláudio Heitor

Convidado

Artigos publicados

Agricultura

Será que nos lembramos de onde vêm os alimentos?

O que estas crises nos mostram é que pode ser perigoso abdicar da “soberania alimentar”. Demos por adquiridas as nossas refeições sem nos preocuparmos de onde vinham, quem as produzia e a que preço.
Alterações Climáticas

A floresta é mais do que um armazém de carbono

É importante recuperar o esforço na plantação de “mais florestas”, mas ainda mais relevante será investir e apoiar quem gere a floresta e o faz com ganhos a nível social, ambiental e económico.
Incêndios

Passados três anos aprendemos alguma coisa?

Falar e pensar o Mundo Rural obriga a reuniões com dezenas de entidades públicas de vários Ministérios e tutelas com objectivos e estratégias diferentes, pouco coordenados, muitas vezes contraditórios
Agricultura

Valorizar o interior? Mas o que isso significa?

De nada vale um ministério promover as actividade agrícolas e agro-industriais e outro considerá-las apenas como depredadoras e consumidoras de recursos. Não é coerente com a valorização do interior.
Aeroporto de Lisboa

De facto não são as aves que são estúpidas

O artigo do sr. secretário de Estado deixa ficar bem patente que a escolha sempre foi política e que toda a encenação à volta do tema - incluindo o EIA - se destinou a desviar as atenções desse facto.
Floresta

Como valorizar os nossos territórios rurais?

Como estratégia são boas as potencialidades do Plano de Gestão Integrada de Fogos Rurais, embora este fique aquém em matérias de valorização e prevenção, nomeadamente na vertente económica e produtiva
Floresta

As lições que continuamos a não querer aprender

É mais fácil culpar o desleixo, a mão criminosa e a falta de gestão dos proprietários, do que assumir o erro de centrar as questões no combate. A raiz do problema está na desertificação do mundo rural
Sustentabilidade

Quem é melhor: o BB King ou o Eric Clapton?

Hoje a gestão cinegética, muitas vezes complementando práticas agro-pecuárias, contribui para a coesão territorial e social de muitas das zonas mais fragilizadas pelo abandono e despovoamento.
Alterações Climáticas

Se a pegada é grande, talvez o sapato esteja largo

Porque razão tratam o Mundo Rural com selvagem e fora da lei? Porque razão perseguem as actividades rurais e tudo fazem para terminar e extinguir modos de vida e desrespeitam os nossos valores?
Incêndios

Um ano depois de Pedrogão está quase tudo na mesma

Continuamos a ter um Mundo Rural planeado e ordenado por políticas públicas de cariz meramente administrativo e que não reconhecem as especificidades das zonas rurais do nosso País.
Incêndios

A prevenção que ainda falta na nossa floresta

Caímos no ciclo vicioso da “economia do mato”: promovemos o seu crescimento pois não invertemos o abandono das actividades rurais; e em seguida pagamos para cortar esse “mato abandonado”.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.