Logo Observador
Decoração

A arte de receber amigos em casa (em oito passos)

933

Nos dias úteis ou no merecido fim de semana, estar com amigos sabe sempre bem. Se está a planear o próximo jantar em casa, não se assuste. Reunimos oito dicas para que seja um ótimo anfitrião.

Para não acabar sempre a encomendar pizza, há vários detalhes a ter em conta quando se organiza um jantar em casa.

Andreia Reisinho Costa

Autor
  • Raquel Salgueira Póvoas

Somos mais de dois à mesa. O que faço para o jantar? Que roupa escolho? É a primeira vez que vêm cá a casa, como os surpreendo? Música, claro. Mas que música?

Estas são apenas algumas das questões que podem surgir quando se decide convidar uns quantos amigos para jantar. Apesar de ser isso mesmo, um encontro entre amigos, a ocasião requer sempre atenção, cuidado e organização.

Há pormenores simples e criativos que fazem a diferença. A pensar nisso, reunimos algumas dicas para que se sinta em casa nesta arte de bem receber.

1. Dê as boas-vindas de forma original

Apertos de mão prolongados, abraços fortes, beijinhos, exclamações como “sejam bem-vindos”, claro que sim. Para completar a receção aos convidados de forma original, pode optar por ter mensagens positivas à entrada. Funciona como um género de convite para o que se segue: a boa disposição servida durante a refeição. Para além de quadros e molduras com as imagens das respetivas frases, as ardósias podem também ser uma opção.

Imagem: meandmysneakers.tumblr.com

2. No que toca à roupa, seja prático. Contudo, elegante

Para Rita Gama, consultora de imagem da Stiletto Image Consulting, um jantar em casa exige sempre que o anfitrião esteja à altura da importância do acontecimento. Além disso, como recorda, “nestes momentos há sempre fotografias que ficam para a posteridade e, no momento, vão diretamente para o mural das redes sociais. Não é mesmo boa ideia sair nas fotografias de avental ou com a roupa de andar por casa”.

A profissional deixa duas sugestões: “Para elas, o ideal é um vestido informal (fácil de usar, não é necessário preocupar-se com a coordenação com outras peças), com uns sapatos rasos para estar confortável. Deve ainda ter acessórios leves para não sobrecarregar o look. A maquilhagem deve ser natural e o cabelo solto.”

1

Imagem: Polyvore

“No caso deles, o melhor é usar uns jeans ou calças chino alinhadas com uma camisa informal com um padrão divertido. Os sapatos podem ser informais ou ténis. Em ambos os casos, não se esqueça do avental durante os preparativos.”

2

Imagem: Polyvore

3. Perfume o ambiente

Velas de cheiro recebem sempre bem. Subtis e requintadas, fazem também as honras da casa. Opte por fragrâncias pouco fortes, que possam agradar a todos os convidados. Se estiverem dentro de lanternas decorativas, melhor. “É mais bonito e mais seguro sobretudo se houver crianças (ou brindes a mais)”, explica a decoradora de interiores da White Glam, Lisete Reis. Para melhor receber os convidados, a decoradora aconselha também — se as caraterísticas da casa o permitirem –, a colocar duas grandes lanternas acesas do lado de fora da porta de entrada. “Ninguém se engana, a festa é mesmo ali.”

1002283_picture_3726_1

Lanterna à venda na loja Tiger por 3€

4. Dê música aos convidados

Fundamental. O sentido de descontração aumenta, a vontade de partilhar momentos também. Paula Cordeiro, investigadora, radialista e autora do blogue Urbanista, sugere uma playlist criada para isso mesmo, para receber amigos em casa. Assim, basta clicar em play, aqui, e não precisa de preocupar-se mais. Durante cinco horas, há música adequada à ocasião.

5. Adeque a luz ao espaço

A zona da mesa de jantar deve estar bem iluminada. Contudo, nunca com luz branca. “O resto da sala deve ter apenas iluminação ambiente e candeeiros de mesa junto ao sofá são sempre bem-vindos”, reforça a decoradora Lisete Reis.

6. Na altura da refeição, surpreenda

Escolher os pratos a servir é, para muitos, a verdadeira dor de cabeça dos jantares com amigos. O Observador pediu sugestões ao chef Kiko Martins, autor do livro Jantaradas, sobre que receitas e truques simples podem ser utilizados para impressionar. Eis um menu de entrada, prato principal e sobremesa que, segundo o chef, funciona sempre:

7. Tenha atenção aos pormenores na mesa

Para além de guardanapos originais, os marcadores de copos dão sempre jeito para ninguém perder a sua bebida de vista, durante ou depois do jantar. Há vários e pode optar por diferentes estilos, de acordo com os convidados.

marcadores de copos

Conjunto de 12 marcadores de copos à venda na Torres & Brinkmann (8€).

As flores frescas também devem estar presentes já que, como explica Lisete Reis, “são fundamentais para bem receber. Deve haver um bom arranjo na mesa de jantar — mesmo que depois se coloque no aparador caso não haja espaço –, e outras flores espalhadas [de forma equilibrada] pela casa.”

8. Aconchegue os convidados depois da refeição

Para além do café, opte por selecionar diferentes aromas de chá e deixe-os numa mesa, à espera que alguém sinta que é a altura certa para ali encontrar conforto e prolongar as conversas. Há várias opções de chás aqui, é só escolher.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Quem viaja muito a trabalho tem sorte?

Ruth Manus
132

Viajar toda hora só é uma sorte quando tais viagens são por turismo voluntário ou por outra razão mais nobre. Viajar por necessidade ou por imposição não tem lá muita graça.

Homossexualidade

Hereges e beatas

Luis Carvalho Rodrigues

Eu percebo que gente como a deputada Isabel Moreira não faça a mínima ideia do que é uma “verdade científica” sobre a homossexualidade. Mas já custa ver a professora Ana Matos Pires repetir a tolice.

Sociedade

Esquerda e instrumentalização da homossexualidade

João Marques de Almeida

Os liberais devem defender os direitos dos homossexuais e lutar, contra os ataques das esquerdas radicais, por uma sociedade assente na família tradicional. A maioria dos portugueses terá esta posição