Futebol

Futebol. Presidente da FIFA defende escolha do vídeo-árbitro

Gianni Infantino garante que os resultados do vídeo-árbitro são globalmente positivos. O presidente da FIFA revelou ainda que a decisão sobre a utilização do VAR no Mundial 2018 será pública em março.

Gianni Infantino falou na apresentação do Mundial de futebol feminino

GEORGI LICOVSKI/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, defendeu esta terça-feira o vídeo-árbitro, justificando que quando se fazem escolhas, é preciso manter-se fiel às mesmas, e salientando que os resultados são globalmente positivos.

Quando fazemos qualquer escolha, devemos levá-la até ao fim”, disse Infantino, admitindo existirem “pequenos erros” e pormenores a corrigir, mas que no final o vídeo permite ao árbitro retificar esses erros.

O responsável máximo da FIFA falou em Paris, no âmbito da apresentação do Mundial de futebol feminino, que decorrerá em França, em 2019, e quis deixar claro a diferença entre esta tecnologia e a imagem repetida na televisão.

“É dito que o vídeo pode ver tudo, corrigir tudo, mas esquecemo-nos que quando vemos um jogo na televisão, podemos ter três interpretações do mesmo lance e não é esse o objetivo do vídeo. O objetivo é retificar grandes erros, para que um Mundial não seja decidido com um grave erro de arbitragem”, explicou.

O dirigente acentuou que as questões não incidem nos lances pequenos, mas em grandes decisões.

“Tem sido visto nos locais de teste, tirando os pequenos erros, aqui e acolá, que nenhuma boa decisão de um árbitro foi contrariada, mudada. Ao contrário, as más decisões, sete na Taça das Confederações, foram alteradas. Esta é a ajuda aos árbitros, é a ajuda às pessoas”, sublinhou o responsável da FIFA.

A finalizar, o dirigente repetiu que uma decisão em relação ao recurso ao vídeoárbitro no Mundial 2018 na Rússia será tomada em “março de 2018”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site